24/05/2024 às 09h00min - Atualizada em 24/05/2024 às 09h00min

AVS/Smec retorna às origens com estreia de time infantil na Copa APV

Foram mais de dez anos ausentes de competições nas categorias de base; desafio começa em Ribeirão Preto

Após mais de 10 anos, o retorno às origens: infantil da AVS/Smec estreia na APV (Zé_Photografy)
No final da década de 90 e início deste século, a Associação de Vôlei São-carlense (AVS) se caracterizava pelas escolinhas sociais e a formação de equipes nas categorias pré-mirim, mirim, infantil, infanto e juvenil. Era uma das forças do interior paulista e todos os anos conquistava pelo menos um título estadual no Campeonato da Associação Pró-Voleibol (APV).
 
Porém, por problemas além-quadra (os mais diversos possíveis), os diretores da AVS viram o trabalho de base, que dava oportunidade para jovens de famílias carentes deixar de existir e por mais de dez anos, a associação deixou de montar equipes.
 
Mas, com uma nova diretoria, com sangue novo e desejo de dar a oportunidade para garotas, a escolinha social retornou há três anos e 2024 ficará marcado pelo retorno às origens pela qual a AVS/Smec foi criada: oportunizar o sonho de jovens são-carlenses praticar o vôlei.
 
O sonho começa a se tornar realidade a partir das 10h deste sábado, 25, quando 14 são-carlenses que integram a AVS/Smec iniciam a jornada na temporada 2024 no Campeonato da APV na categoria infantil. No ginásio de esportes da Associação Atlética Banco do Brasil, encaram a AABB/Ribeirão Preto.
 
As atletas, com até 15 anos, não escondem: estão ansiosas e nervosas. O curioso é que até o técnico Zé Sérgio não esconde a ansiedade e um certo nervosismo. Afinal, são mais de 10 anos longe das quadras dirigindo atletas da categoria.
 
“Estamos reiniciando um trabalho. Sem cobranças por resultado. Queremos dar bagagem para essas meninas, pegar experiência e em 2025 ter um time formado, que possa ser competitivo”, observou o experiente formador de atletas. “Este ano, por falta de local, treinamos por mais de um mês na quadra do Colégio Objetivo e na semana passada o ginásio de esportes do Santa Felícia (Municipal José Eduardo Gregoracci) foi reaberto e realizamos algumas atividades. Não estamos preparados como gostaríamos, mas a promessa é dar o que temos de melhor”, garantiu.
De acordo com Zé Sérgio, o primeiro obstáculo, porém, promete ser complicado. “A AABB disputa desde 2023. Tem uma equipe formada e que contrata. É um time forte e favorito à vitória. Mas vamos com a dedicação e determinação de fazer uma partida competitiva”, finalizou o treinador.
 
A equipe
Levantadoras
Clara Fernandes
Isadora Fernandes
Centrais
Gabriela Eugênio
Lara Pelicheck
Mariana Zambon
Ponteiras
Giovana Garbuio
Emily Chabaribely
Livia Aranda
Bianca Pereira
Letícia Medeiros
Opostas
Karina Mello
Emanoeli Almeida
Líberos
Rayssa Frigo
Letícia Frasson
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp