19/05/2024 às 05h57min - Atualizada em 19/05/2024 às 05h57min

Prefeitura de São Carlos adquiriu 30 mil testes rápidos para diagnóstico da Dengue

Uso de testes rápidos para diagnóstico de dengue (NS1) pode ser eficaz no campo da assistência aos pacientes

Prefeitura de São Carlos adquiriu 30 mil testes rápidos para diagnóstico da Dengue
A Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, adquiriu 30 mil testes rápidos NS1 para diagnóstico da Dengue fora de laboratórios. Essa semana o fornecedor já entregou 15 mil testes que já foram distribuídos pelo Departamento de Vigilância em Saúde para as unidades básicas de saúde (UBS’s), unidades de saúde da família (USF’s) e para as unidades de pronto atendimento (UPAS).

De acordo como Ministério da Saúde, considerando as características da resposta imunológica à doença, que não permite diagnóstico de infecção aguda pela detecção de anticorpos, apenas o teste rápido que detecta antígenos NS1 deve ser usado para essa finalidade. A proteína NS1 é uma substância produzida em grande quantidade e liberada na corrente sanguínea no processo de replicação do vírus, antes que o organismo comece a produzir anticorpos específicos para o vírus.

Denise Martins, diretora da Vigilância em Saúde, afirma que o uso de testes rápidos para diagnóstico de dengue (NS1) pode ser eficaz no campo da assistência aos pacientes, contribuindo para a definição da conduta clínica oportuna mais adequada individualmente.

Os testes são aplicados somente em pacientes que aprensentam sintomas como febre alta, acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, além de prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos, erupção e coceira na pele.

"Diante dos sintomas as pessoas precisam se hidratar, bebendo muita água e procurar a unidade de saúde mais próxima da sua residência", alerta Denise Martins, reforçando que as pessoas não devem se automedicar.
 
DRONE – A Prefeitura também já contratou uma empresa especializada em serviços com uso de drones (aeronave remota pilotada) para combate aos criadouros do mosquito da dengue (Aedes Aegypti).

Os trabalhos começam no próximo dia 27 de maio e a vigência do contrato é de 3 meses.

Neste momento os bairros com maior incidência de casos são Cidade Aracy, Boa Vista e Santa Felícia. Os agentes de combate às endemias realizam diariamente vistoria de rotina, retiram materiais inservíveis em parceria com a Secretaria de Serviços Públicos, eliminam criadouros do mosquito, a equipe de nebulização aplica inseticida para eliminação do mosquito em áreas com maior incidência de casos. Apesar de 85% dos criadouros estarem em residências, 30% recusa a entrada dos agentes de endemias.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp