12/09/2023 às 14h19min - Atualizada em 12/09/2023 às 14h19min

Artista plástica cadeirante de São Carlos pega “carona” na van adaptada da SMPDMR

O veículo possui um elevador que é operado pelo próprio motorista e esse sistema permite que o cadeirante seja erguido até seu interior, com total segurança para o embarque e para o desembarque.

Artista plástica cadeirante de São Carlos pega “carona” na van adaptada da SMPDMR
Daniela Caburro, 52 anos, é uma artista plástica bastante conhecida em São Carlos, e no mundo. Cadeirante, tetraplégica, é integrante da Associação dos Pintores com a Boca e os Pés, com sede na Suíça. Começou a pintar como forma de terapia ocupacional em 1995 descobrindo ali seu dom e talento. Hoje vive exclusivamente de seu trabalho artístico, pintando e ensinando pintura em oficinas de arte ministradas para crianças, jovens e adultos.

Esta semana a são-carlense fez uma apresentação individual de suas criações e ainda realizou demonstrações ao vivo para os estudantes da EMEB “Afonso Fioca Vitali” a convite da diretora Melina Thais da Silva Mendes. Na segunda-feira, 4 de setembro, Daniela conversou com os alunos do período da manhã e do período da tarde.

O transporte da artista plástica, de sua casa que fica na Vila Jacobucci até o CAIC da Cidade Aracy, foi possível graças a uma “carona” na van adaptada da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida (SMPDMR). O veículo possui um elevador que é operado pelo próprio motorista e esse sistema permite que o cadeirante seja erguido até seu interior, com total segurança para o embarque e para o desembarque.

Segundo Daniela Caburro, foi uma experiência incrível, principalmente porque a tecnologia da van adaptada permite a locomoção dos cadeirantes que carecem de meios de acessibilidade e porque ajuda a garantir o direito de ir e vir de forma inclusiva.

Hoje, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a SMPDMR atua junto à Seção de Transporte de Saúde para viabilizar o transporte dos pacientes que são cadeirantes e precisam se deslocar de suas residências até as unidades de atendimento de hemodiálise, quimioterapia e fisioterapia dentro e fora do município de São Carlos por que não possuem condução própria para o deslocamento entre sua residência e a unidade onde é feito o procedimento.

No ano passado, em virtude da aquisição pela Prefeitura Municipal de dois veículos minibus, que são vans adaptadas, por meio de convênio com o Governo do Estado de São Paulo, provenientes do Programa “Cidade Acessível” que estão hoje sob a responsabilidade da SMPDMR, o município de São Carlos passou a oferecer esse serviço com total excelência.

“São Carlos tem se destacado por estar à frente de outras cidades por sua tecnologia e também por suas características arquitetônicas, geográficas, topográficas e humanas que possuem grande complexidade e que precisam ser estudadas e respeitadas”, afirmou Lucinha Garcia, Secretária Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida.

“Estamos apenas no início de um trabalho enorme em prol de uma cidade ideal para todos, e precisamos cada vez mais oferecer a mobilidade para as pessoas com deficiências, e nosso compromisso é tornar São Carlos um município com pertencimento e inclusão, deixando assim uma das grandes marcas do governo Airton Garcia Ferreira para a posteridade”, finalizou a secretária.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp