05/09/2023 às 14h25min - Atualizada em 05/09/2023 às 14h25min

Nasce onça pintada no Parque Ecológico de São Carlos

Este filhote, que tem pouco tempo de vida, já nasce com uma grande responsabilidade, explica o diretor do Parque Ecológico, Fernando Magnani

Nasce onça pintada no Parque Ecológico de São Carlos
O presente de aniversário do Parque Ecológico de São Carlos chegou mais cedo. Às vésperas de completar 47 anos de fundação, comemorado no próximo sábado, dia 9 de setembro, o local celebra o nascimento de mais um filhote, e desta vez é do maior e mais famoso felino selvagem das Américas: a Onça Pintada.

Este filhote, que tem pouco tempo de vida, já nasce com uma grande responsabilidade, explica o diretor do Parque Ecológico, Fernando Magnani. “As onças pintadas são felinos ameaçados no Brasil e nos países próximos onde ela ainda ocorre, é vítima da caça ilegal e do desmatamento, também vem sendo impactada por atropelamentos nas rodovias, mas sob cuidados humanos podemos ter uma população viável para futuros projetos de soltura ou reintrodução, e este pequeno faz parte deste processo”.

A população de onças pintadas em cativeiro é orientada pelo Plano de Ação Nacional para a Conservação dos Grandes Felinos – PAN, coordenado pelo Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Carnívoros – CENAP, e o Parque Ecológico de São Carlos participa deste Plano Nacional, assim como outros Zoológicos que possuem a espécie e são membros da Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil – AZAB.

Maior felino das Américas e o terceiro do mundo, depois do leão e do tigre. O seu corpo é mais robusto, musculoso e compacto com comprimento variando entre 1,10 a 2,40 metros, fora a cauda que pode chegar a 0,80 metros. O peso oscila entre 40 a 130kg, podendo um macho chegar a 150Kg.

A gestação dura em média 90 a 115 dias. Nasce de um a quatro filhotes, porém o mais comum são dois. Os filhotes nascem completamente cegos e totalmente dependentes da mãe. Com duas semanas de vida eles abrem os olhos.

“Este nascimento indica que o investimento que a Prefeitura Municipal vem fazendo no Parque Ecológico está avançando para resultados positivos. Assim como a conservação de espécies de nossa fauna, o local desempenha um importante papel na educação ambiental e assim contribui ainda mais para um ambiente mais equilibrado para todos”, observa o secretário de Agricultura e Abastecimento, Paraná Filho.

Fundado em 9 de setembro de 1976, o Parque Ecológico de São Carlos se dedica as espécies sul-americanas - em especial as brasileiras - e possui um reconhecido trabalho de participação em programas multi-institucionais de preservação de espécies, além de realizar um extenso trabalho de educação ambiental, um dos pioneiros na cidade e que dura décadas.

O filhote de onça pintada ainda não pode ser visto diretamente, devido aos cuidados visando sua sobrevivência, mas a equipe do Parque Ecológico, preparou uma apresentação áudio visual na frente do recinto das onças para que as pessoas possam conhecer este “presentinho”.

No último mês de agosto outros 12 animais de espécies diferentes nasceram no Parque Ecológico. Mico Leão Dourado, Emas, Sauim de Coleira, Anta, Alpaca e Cisnes já estão cuidando de seus filhotes, algumas destas espécies também são ameaçadas de extinção, como os sauins e os micos.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp