07/02/2023 às 20h51min - Atualizada em 07/02/2023 às 20h51min

Diagnóstico da penúltima etapa do Plano de Mobilidade Urbana será apresentado na quinta-feira

A audiência acontece no plenário da Câmara Municipal, a partir das 18h30, com participação aberta ao público

Diagnóstico da penúltima etapa do Plano de Mobilidade Urbana será apresentado na quinta-feira
A Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito, com apoio da Câmara Municipal, realiza na quinta-feira (09/02), a segunda Audiência Pública para debater o Plano de Mobilidade (PlanMob) do município. A audiência acontece no plenário da Câmara Municipal, a partir das 18h30, com participação aberta ao público.

Nesta audiência ocorrerá o debate de diversas temáticas e apresentado um diagnóstico dessa penúltima etapa do Plano feito pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), através da realização de uma pesquisa qualitativa com a população para conhecer as percepções dos moradores sobre questões como a visão de futuro da cidade e problemas atuais de mobilidade na cidade. Foram ouvidas 1.347 pessoas nas faixas etárias entre 18 e acima de 60 anos.

A população contribuiu ao relacionar que entre os principais problemas que espera ver solucionado pelo PlanMob estão: realização de obras para melhor as condições de tráfego nas marginais e anel viário; implementação de faixas exclusivas de ônibus, revisão das estruturas de linhas do transporte coletivo, modernização do sistema semafórico, investimento em ciclovias, entre outros apontamentos.

O estudo da FGV identificou também os modos de transporte utilizados na cidade, e o principal transporte utilizado pelos entrevistados é o automóvel particular, apontado como primeira opção por 37% dos entrevistados e como segunda opção por 12%. O transporte coletivo foi indicado como primeira e como segunda opção por 19% e 17%, respectivamente, enquanto a motocicleta foi citada por 9% dos entrevistados, tanto em primeira como em segunda opção, e a bicicleta por 8%. O serviço de transporte por aplicativos, Uber e semelhantes é utilizado por 17% da população.

Foi identificado também o principal motivo das viagens diárias onde se identificou o “trabalho”, de forma isolada ou combinada com “estudo”, indicado por 49% das pessoas (34% delas exclusivamente para trabalho), sendo que a maioria (96%) realiza viagens dentro do município. As compras com 21% e motivos de saúde 15% são os destinos das demais viagens.

A audiência deve apresentar ainda, estudos sobre qual modo de transporte deveria receber mais atenção e investimentos por parte do poder público, zoneamento de tráfego, produção e atração de viagens, sistema viário e circulação, dispositivos de acesso ao sistema viário urbano, perfil viário, infraestrutura e frota do transporte coletivo, evolução da demanda de transporte, rede cicloviária, equipamentos para estacionamento de bicicletas, gestão da circulação, entre outros estudos de mobilidade urbana.

A elaboração do Plano de Mobilidade tem a conclusão do estudo prevista para até o final do primeiro trimestre deste ano. “A previsão de entrega ao município é em março e, em abril, temos o prazo final de entrega no ministério. Feito isso, já poderemos ter acesso às verbas federais e estaduais”, explicou o secretário municipal de Trânsito, Cesinha Maragno.

O coordenador de projetos da Fundação Getúlio Vargas (FGV), professor Manoel de Andrade e Silva Reis, o projeto já se encontra próximo do final. “Nesta audiência será apresentado o estágio atual de desenvolvimento para discussão e entendimento da população. Depois o trabalho será finalizado e apresentado na terceira audiência pública que deve ocorrer no início do março”.
 
A audiência pública terá transmissão pelo site e pelas redes sociais da Câmara Municipal – Facebook e YouTube –, assim como pela TV Câmara e pela Rádio São Carlos AM.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp