08/01/2023 às 06h55min - Atualizada em 08/01/2023 às 06h55min

Ambipar começa os serviços em São Carlos a pedido da RUMO

Será mais um reforço no trabalho conjunto de controle e prevenção das enchentes

Ambipar começa os serviços em São Carlos a pedido da RUMO
A empresa Ambipar, especializada em gerenciamento de crises e atendimento de emergências envolvendo catástrofes, reconhecida como referência global em soluções ambientais integradas, foi contratada pela RUMO e já começou as atividades em São Carlos para dar suporte a Defesa Civil e demais órgãos e agentes públicos no monitoramento, prevenção e ação em caso de chuvas e enchentes.

A decisão foi tomada após reunião durante a manhã da última sexta-feira (06/01/23), no Paço Municipal, quando representantes da empresa RUMO apresentaram, para diversos representantes da Prefeitura, um estudo de viabilidade técnica para ampliação emergencial de vazão do córrego do Monjolinho e as medidas que a concessionária pretende tomar para resolver o problema em definitivo no local.

Já na tarde de sexta-feira (06/01), a Prefeitura e a empresa RUMO deram início ao processo de instalação de painéis eletrônicos de LED, que irão identificar vias interditadas em São Carlos. O intuito é evitar a passagem de veículos na Rotatória do Cristo, tendo em vista que a vazão do Monjolinho sob a linha férrea foi reduzida após obra paliativa da RUMO e há risco maior de alagamentos.

O secretário de Transporte e Trânsito, Paulo Luciano, disse que os painéis serão colocados em cinco pontos, para evitar que os veículos cheguem na Rotatória do Cristo. “O primeiro ponto é na avenida Tancredo Neves com a rua Francisco Gregoracci; segundo ponto é na Comendador Alfredo Maffei com a Orlando Picchi; o terceiro ponto é na Francisco Pereira Lopes com a rua Ângelo Passeri; o quarto ponto é na rotatória da Bruno Ruggiero com a avenida Faber e o quinto ponto é na Alameda das Quaresmeiras com a Alameda das Espatódeas”.

O Secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Samir Gardini, disse que a RUMO também vai colaborar de outras formas com o município. “A empresa disponibilizou uma ajuda no plano de contingência, principalmente para evitar mortes. A situação está complicada com a diminuição da vazão do Monjolinho. A RUMO ofereceu soluções, como uma equipe 24 horas monitorando o nível do Monjolinho e também fornecerá informações meteorológicas em tempo real. Além disso, contaremos com apoio da empresa após as inundações, pois quando a água abaixa fica muita lama. A RUMO colocou uma equipe de limpeza para nos ajudar”.

De acordo com o diretor da Defesa Civil, Pedro Caballero, a Ambipar, a pedido da RUMO, também vai instalar cornetas sonoras, equipamentos de sinalização par isolamento de áreas e fazer um estudo hidrológico do Mineirinho. “A base para o monitoramento do Córrego do Monjolinho foi montada próxima área de junção de todos os córregos”.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp