26/07/2019 às 15h06min - Atualizada em 26/07/2019 às 15h06min

Voluntários podem contribuir com iniciativa do ICMC para letramento digital de idosos

Interessados devem responder a um questionário on-line até dia 8 de agosto e participar de capacitação USP

Henrique Fontes
Quer se tornar monitor ou professor em um curso que ensina idosos a usarem dispositivos móveis? Para se tornar um voluntário e contribuir com as atividades de letramento digital oferecidas pelo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, basta responder, até dia 8 de agosto, ao questionário disponível neste link: icmc.usp.br/e/bcff9.
 
Estudantes de graduação e de pós-graduação de qualquer instituição de ensino da região e de qualquer área de conhecimento podem participar da iniciativa. Todos que responderem ao questionário serão convidados para participar de uma capacitação para docência e monitoria no curso Práticas com smartphones tablets e para idosos. A equipe de coordenação da iniciativa entrará em contato com os interessados para confirmar a participação e informar o dia e horário da capacitação.
 
Desde 2015 – Oferecido semestralmente no ICMC desde 2015, o curso Práticas com smartphones tablets e para idosos faz parte do programa Universidade Aberta à Terceira Idade e recebe, a cada semestre, um maior número de idosos interessados. A fim de que seja oferecida atenção individualizada aos participantes do curso, mantendo sua qualidade, é necessário capacitar mais professores e monitores para atuarem em sala de aula. Aos voluntários, são emitidos certificados de participação na capacitação e nas atividades com os idosos.
 
No segundo semestre deste ano, por exemplo, o curso oferecerá aos idosos vagas em quatro turmas: duas do módulo básico e duas do avançado. Cada turma tem duas horas/aula por semana, em um total de 15 semanas. As aulas se iniciam no dia 14 de setembro e ocorrem sempre às quartas-feiras à tarde, das 14 às 16 horas, ou das 16 às 18 horas. Um conjunto de pós-doutorandos, pós-graduandos e graduandos se revezam como professores e monitores das turmas. As aulas estão pré-preparadas e cada professor alocado para uma aula atualiza o conteúdo e a prática correspondente, conforme orientações dos pós-doutorandos.
 
Durante a capacitação, os pós-doutorandos apresentarão os objetivos práticos do curso para a população idosa; discutirão as especificidades relacionadas à aprendizagem do uso de tecnologias por idosos (por exemplo: ritmo de aprendizagem, principais dificuldades e resistências); e mostrarão as estratégias de ensino utilizadas. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp