26/07/2019 às 11h33min - Atualizada em 26/07/2019 às 11h33min

Banco é condenado a pagar R$ 20 mil de indenização a cliente

Para a decisão, o relator da apelação e desembargador, Roberto Mac Cracken, considerou que houve falha na prestação de serviço por parte do Santander. Deficiente

Um homem com deficiência física, ganhou na Justiça uma indenização de R$ 20 mil por danos morais contra uma agência do Banco Santander em São Carlos. Ele entrou na Justiça por ser obrigado a usar escadas para ter acesso à agência por conta de um elevador quebrado.

A 22ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) decidiu a sentença, após recusar o pedido de recurso do banco em 11 de julho.

De acordo com o TJ-SP, o cliente alegou que fez várias reclamações sobre o problema do elevador, mas nada foi feito, o obrigando a usar as agências pelas escadas mesmo com muletas. Um agravante da situação é que o prédio também não tinha rampas de acesso.

Segundo o homem, o descaso do banco causou dificuldade, constrangimento e humilhação diante de sua necessidade.

Na Justiça, o banco argumentou que os fatos “constituíram mero aborrecimento” e que a manutenção permanente dos elevadores fugia à responsabilidade da instituição.

Para a decisão, o relator da apelação e desembargador, Roberto Mac Cracken, considerou que houve falha na prestação de serviço por parte do Santander.

O julgamento teve a participação do relator e dos desembargadores Edgard Rosa e Alberto Gosson. A votação foi unânime para a condenação do banco.

Segundo o TJ-SP, o Santander teve recurso negado para rever a condenação.  (Com informações do Portal G1)


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp