18/07/2019 às 22h08min - Atualizada em 18/07/2019 às 22h08min

Fundo Social de São Carlos recebe representantes do Governo do Estado

A pauta principal da reunião foi o trabalho realizado atualmente pelos municípios na área social e as novas diretrizes do Fundo Estadua Reunião

O Fundo Social de Solidariedade de São Carlos sediou na tarde desta quarta-feira (18/7), uma reunião dos municípios da região com representantes do Fundo Social de Solidariedade do Estado de SP (FUSSP).

Participaram primeiras-damas e/ou presidentes dos Fundos Sociais dos municípios de Araraquara, Analândia, Altinópolis, Corumbataí, Cássia dos Coqueiros, Dumont, Itirapina, Matão, Motuca, Rincão, Serrana, Santa Lúcia, Santa Maria da Serra e Torrinha.

A pauta principal da reunião foi o trabalho realizado atualmente pelos municípios na área social e as novas diretrizes do Fundo Estadual. José Castro, diretor executivo e Eduardo Pirajá, coordenador do interior, conheceram o trabalho de cada município e expuseram o novo método adotado pelo Governo João Doria e pelopresidente executivo do Fundo Social de Solidariedade do Estado de SP, Filipe Sabará com relação às parcerias com o interior.

Castro falou que após um estudo realizado inicialmente pelo Governo, a opção foi trabalhar na promoção de autonomia e renda com o oferecimento de cursos que capacitem e possibilitem a entrada no mercado de trabalho. “Antigos cursos foram reformulados e novos cursos estão surgindo, com carga horária maior e conteúdo de acordo com as demandas do mercado. O foco de todo o trabalho é a geração de renda. Além da reestruturação das antigas escolas, uma Escola de Informática e Computação e outra de Bioconstrução foram abertas. Outras foram transformadas e ampliadas, caso da Padaria Artesanal que agora passou para Escola de Gastronomia e Hospitalidade com a oferta de vários outros cursos”, explicou o diretor executivo do FUSSP.

Para Lucinha Garcia, presidente do Fundo Social de Solidariedade de São Carlos, a reunião foi ótima já que conseguiu tirar todas as dúvidas com relação aos novos projetos e cadastros que devem ser feitos. “As prefeituras vão ter que se cadastrar novamente para receber os cursos das escolas de qualificação, agora em parceria com o Centro Paula Souza, todos com foco na empregabilidade. O Estado vai disponibilizar as capacitações após um estudo de mercado e vulnerabilidade de cada município. Como já temos na nossa sede salas estruturadas para cursos da área da moda e da beleza e já oferecíamos cursos de Padaria, a nossa intenção é ampliar as ofertas”, ressaltou Lucinha.

“O Fundo Social está buscando inovar nessa nova gestão, oferecer a população mais vulnerável cursos que capacitam e possibilitem a entrada no mercado de trabalho ou o caminho para o empreendedorismo. A pedido da primeira-dama do estado, Bia Doria, iniciamos essa integração com as presidentes dos fundos municipais”, finalizou José Castro, elogiando as instalações do FSS de São Carlos.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp