09/03/2019 às 15h20min - Atualizada em 09/03/2019 às 15h20min

Multas por embriaguez ao volante têm aumento em São Carlos]

Em 2017 foram 175 casos contra 199 no ano passado +13,7%

Divulgação

Dados do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (DETRAN), apontam que houve um aumento de 13,7 % de motoristas que foram autuados por embriaguez ao volante. Em 2017 foram 175 casos contra 199 no ano passado. Estes dados incluem motoristas que se negaram a fazer o teste do bafômetro, com multas tanto do Programa Direção Segura quanto das fiscalizações da Polícia Militar. Em todo o estado, o número de multas caiu de 5.172, em 2017, para 4.684, em 2018.

Multa A Lei Seca está em vigor no estado há 10 anos. Quem for pego dirigindo bêbado é multado em R$ 2.934,70 e também tem a carteira de habilitação suspensa por um ano.

Operação - O Programa Direção Segura – ação coordenada pelo Detran.SP para a prevenção e redução de acidentes e mortes no trânsito causados pelo consumo de álcool combinado com direção – autuou 21 pessoas em operação realizada durante a noite de 22 de fevereiro e madrugada de 23 de fevereiro.

Ao todo, foram fiscalizados 508 veículos durante blitz e realizadas nas Avenidas São Carlos e Getúlio Vargas.

Os condutores foram autuados por embriaguez ao volante ou recusa ao teste do etilômetro e terão de pagar multa no valor de R$2.934,70, além de responderem a processo administrativo no Detran/SP para a suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

Pela Lei Seca (lei 12.760/2012), todos os motoristas flagrados em fiscalizações têm direito a ampla defesa, até que a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) seja efetivamente suspensa. Se o condutor voltar a cometer a mesma infração dentro de 12 meses, o valor da multa será dobrado.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp