14/08/2017 às 11h18min - Atualizada em 14/08/2017 às 11h18min

Igreja Adventista realiza mais uma edição do Quebrando o Silêncio

Em São Carlos já é o quarto ano que desenvolvemos esse projeto, no ano passado tivemos um público estimado em 2500 pessoas mais publico flutuante Dia 19

Quebrando o Silêncio é um projeto educativo e de prevenção contra o abuso e a violência doméstica, promovido anualmente pela Igreja Adventista do Sétimo Dia em oito países da América do Sul, (Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai) desde o ano de 2002.

Em São Carlos já é o quarto ano que desenvolvemos esse projeto, no ano passado tivemos um público estimado em 2500 pessoas mais publico flutuante, a presença do grupo Prisma Brasil abrilhantou o evento, aproveitamos também para fazer do evento ter um cunho social e atendemos mais de 600 pessoas com aferição de pressão, troca de maça por um cigarro assim incentivando a pessoa deixar esse vício, corte de cabelos gratuitos, orientação psicológica, orientações dos oito remédios da natureza para a pessoa viver melhor e nesse ano pretendemos dobrar o número de atendimentos.

Tivemos a presença de autoridades de nossa cidade e de quase todos os órgãos de imprensa de nossa cidade, entre eles, Tv Novo Tempo e Eptv Rede Globo, outro ponto importante foi a oficialização do evento no calendário oficial do município, se tornando lei municipal no ano de 2016. 

A campanha se desenvolve durante todo o ano, mas uma das suas principais ações ocorre no mês de agosto. Este é o “Dia de ênfase contra o abuso e a violência”, quando ocorrem passeatas, fóruns, escola de pais, eventos de educação contra a violência e manifestações na América do Sul. 

Todos os dias a mídia apresenta um quadro de violência assustador. Crianças, mulheres e idosos são as principais vítimas, Segundo a Organização Mundial de Saúde, a violência responde por aproximadamente 7% de todas as mortes de mulheres entre 15 e 44 anos no mundo.

Em alguns países, até 69% das mulheres relatam terem sido agredidas fisicamente e até 47% declaram que sua primeira relação sexual foi forçada. Por isso, o projeto tem como objetivo prevenir e combater a violência contra crianças, mulheres e idosos, além de orientar as vítimas na busca de ajuda dos órgãos competentes, quebrando assim o ciclo de violência. A violência doméstica é nutrida pela ignorância. Assim, para combater esse mal é preciso trazê-lo a público, examiná-lo e dar a solução necessária. Os cidadãos em geral devem se tornar parte dessa solução e o primeiro passo é a prevenção, procurando alcançar todas as faixas etárias. 

Objetivos:

A Campanha Quebrando o Silêncio tem como objetivos:

1.    Conscientizar a população em geral, em particular as crianças, mulheres e idosos sobre a importância de pôr um basta à violência, através do ensino de regras simples e eficazes de prevenção e sobrevivência ao abuso.

2.    Orientar as famílias, pais e filhos, educadores e alunos sobre o assunto, levando esclarecimento quanto a seus direitos e alertando quanto à necessidade de quebrar o silêncio e buscar junto aos órgãos competentes o apoio necessário.

3.    Promover a paz para um mundo melhor por meio da distribuição de panfletos, revistas e palestras, formando um padrão cultural de que a violência na família é inaceitável.

4.    Resgatar os valores cristãos do amor e respeito ao próximo, fortalecendo as famílias, que é facilitadora da interiorização de valores.

5.    Coibir abusadores. 

Justificativa:

Muito se tem falado de violência doméstica ultimamente. O governo, ONGs, instituições religiosas e empresas privadas estão se unindo para pôr fim a esse mal que assola a sociedade em todos os níveis. Notícias aterradoras têm deixado o mundo em comoção. Dentro e fora do Brasil, imagens da mídia chocam a população. 

O abuso infantil, a violência contra a mulher e o abuso ao idoso abrangem grande parte da violência familiar e ocorrem justamente no lugar em que as pessoas deveriam se sentir mais seguras – seu próprio lar.

Proposta:

A Campanha “Quebrando o Silêncio” tem o intuito de orientar as vítimas na busca de ajuda dos órgãos competentes, quebrando assim o ciclo da violência. 

Mobilizar autoridades, educadores e educandos, pais e filhos a fim de sensibilizá-los acerca da problemática apresentada. 

Materiais:

Todo ano são produzidos diversos tipos de materiais, como: Revista Adulta, Revista Infantil, Folders, Cartaz, Camiseta, Faixa, Outdoor, Adesivos, Banner, Vídeos e Apresentações de palestras.

 

Temas abordados nas campanhas:

 

“Dizendo Não à violência”

“Eu quero Paz”

“Família, cuide, ame e proteja”

“Lições de Vida – Idosos”

“O amor é … Dicas”

“Paz para um mundo melhor”

“Quando o inesperado acontece”

“Seu filho e os perigos da internet”

“Bullying”

“Gente importante – Inclusão Social”

“Seu filho e os perigos da internet”

“Traumas da Violência, caminhos da superação”

 

 

Ações

Passeatas: A campanha promove passeatas para distribuição de folhetos e revistas visando à informação e a conscientização da comunidade. 

Palestras: Palestras são ministradas em colégios para pais professores e alunos com o intuito de alertar os mesmos a importância de quebrar o silêncio. 

Ações Comunitárias: Ações comunitárias com apresentações musicais, teatrais e seminários são realizadas em praças, auditórios, shoppings e estádios. 

 

Como vai funcionar o evento Quebrando O Silêncio?

Às 8:30 da manhã vai sair defronte o Caic na cidade Aracy uma carreata com centenas de carros e motos, indo em direção da praça Santa Cruz, onde haverá um concentração de mais de mil pessoas, saindo da praça Santa Cruz às 9:45 descendo até a praça Ana Maria Resitano (praça do Mercado municipal) onde haverá o nosso evento.

Apresentações:

         Apresentação de grupo N Gola (grupo de cantores Angolanos)

         Cantora Laura Morena

Autoridades presentes:

         Juiz da primeira vara da família Dr. Paulo Cesar Scanavez

         OAB (orientando pessoas que sofrem maus tratos)

Projetos sociais gratúitos:

         Tenda Saúde (aferição de pressão, massagem Quick, teste de glicemia, 8 remedios naturais, atendimento psicológico, orientação de higiene bucal)

         Tenda da Oração (assistência espiritual)

         Tenda da água Saae (água gratuitamente)

         Tenda do algodão doce e pipoca (para as crianças)

         Tenda dos Aventureiros e Desbravadores (exposição de como funciona as atividades)

         Tenda AMM (exposição de motos)

         Tenda da OAB (orientação as pessoas que sofrem maus tratos)

         Corte de cabelo (corte gratuito)

         Tenda da literatura (livros e folhetos do projeto)

         Street Store (doação de roupas gratuitamente)

 

•           Saída da cidade Aracy 1 e 2 de três ônibus da Suzantur gratuitamente, levando e trazendo as pessoas, mas precisa agendar e reservar seu lugar com o Geraldo através do Watts App   ligando no número 99702-4634.

•           Observação importante, tudo que vai ser feito nesse evento será gratúito, em hipótese nenhuma vamos cobrar ou vender algo.

 

 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp