29/01/2016 às 17h12min - Atualizada em 29/01/2016 às 17h12min

Sindicalistas mobilizam servidores contra privatização ou concessão

Fantasma da privatização voltou a rondar a autarquia, depois da derrubada do artigo 128 por parte do Tribunal de Justiça de São Paulo SAAE

A diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos e Autárquicos Municipais de São Carlos (Sindspam), esteve na manhã desta sexta-feira (29) na sede do Serviço Autonômo de Água e Esgoto, conversando com os servidores da autarquia sobre a derrubada por parte do Tribunal de Justiça em São Paulo, do artigo 128 da Lei Orgânica do Munícipio que vedava de qualquer forma a concessão e/ou privatização. Estiveram presentes ainda no encontro os vereadores Roselei Françoso (REDE) e Lineu Navarro (PT). 

Os sindicalistas alertaram os servidores a fim de mobilizá-los contra uma eventual avançada do prefeito Paulo Altomani (PSDB) no intuito de conceder ou privatizar parte dos serviços da autarquia.

O SINDSPAM pretende ainda ouvir quais são as intenções de cada vereador nesta questão. É importante lembrar que em 2014, todos os 21 vereadores assinaram um documento se comprometendo em não alterar o artigo 128 da Lei Orgânica do Município (LOM) a fim de permitir que o SAAE sofresse algum processo de privatização ou concessão.

A guerra contra a privatização, caso ainda continue, deverá ter pelo menos mais duas batalhas. Para que o SAAE possa ter serviços concedidos ou privatizados, a Prefeitura precisa da aprovação da Câmara para a criação de uma agência nesta área e também a anuência dos vereadores em outro projeto de lei que permita a concessão. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp