20/01/2016 às 17h04min - Atualizada em 20/01/2016 às 17h04min

Fiscalização apreende mais de mil veículos clandestinos nas rodovias em 2015

Nos 18 primeiros dias de janeiro já foram apreendidos outros 48 veículos; o serviço irregular compromete a segurança dos passageiros e usuários de rodovias ARTESP

Durante o ano de 2015, fiscais da ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) apreenderam 1.027 veículos - ônibus, microônibus e vans -que realizavam transporte intermunicipal clandestinos de passageiros em todo o Estado. Foi registrada média de 85 apreensões por mês. A coibição do transporte clandestino tem o objetivo, principalmente, de garantir que a população viaje com segurança nos deslocamentos intermunicipais.

Já na primeira quinzena de janeiro de 2016 foram identificados e autuados 40 veículos. Somam-se a isso mais oito apreensões realizadas essa semana no litoral – sendo cinco em Bertioga com o apoio da Polícia Militar Rodoviária e da Secretaria Municipal de Trânsito do município, além de outras três apreensões feitas em Jardinópolis, na região de Ribeirão Preto.

O serviço irregular oferece inúmeros riscos aos passageiros, uma vez que o veículo não é vistoriado, não há garantia de que o motorista seja habilita do para atuar no transporte coletivo e, em caso de acidente, não há seguro para os passageiros. Todas as informações necessárias para regulamentar o transporte intermunicipal de fretamento junto à ARTESP estão no site da Agência: www.artesp.sp.gov.br.

Antes de utilizar o transporte intermunicipal, o usuário também pode checar a procedência da empresa e se ela está cadastrada na ARTESP. Os usuários podem ajudar a combater o transporte clandestino por meio de denúncia, utilizando o telefone da Ouvidoria ARTESP (0800.727.83.77) ou o endereço eletrônico [email protected]. Todas as denúncias são apuradas.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp