13/01/2016 às 16h58min - Atualizada em 13/01/2016 às 16h58min

Vereador Penha puxa orelha de Altomani por causa do carnaval

O vereador sugeriu que o prefeito fosse buscar recursos financeiros junto a algumas empresas da cidade para a aquisição de medicamentos de alto custo, como a insulina Lantus Bronca!

O vereador Aparecido Donizetti Penha (PPS), usou a rede social para dar um puxão de orelhas no prefeito Paulo Altomani (PSDB). A advertência aconteceu após publicação de uma reportagem no Jornal Primeira Página desta quarta-feira (13), onde o prefeito declarou ter obtido R$ 50 mil a título de doações da iniciativa privada para a realização do carnaval de São Carlos, neste ano. A Prefeitura espera arrecadar mais R$ 40 mil, junto a empresários, para realizar a festa de Momo na cidade.

O vereador sugeriu que o prefeito fosse buscar recursos financeiros junto a algumas empresas da cidade para a aquisição de medicamentos de alto custo, como a insulina Lantus. “Várias pessoas estão nos ligando chorando e desesperadas, apavoradas, sem dinheiro para suportar o custeio, pela falta constante deste e outros medicamentos que vem ocorrendo constantemente na Prefeitura que nos departamentos de distribuição de medicamentos nem os telefones atendem mais”, alertou o parlamentar.

Ele ainda pediu para que Altomani fosse cobrar o governador Geraldo Alckimin. “Bem que o senhor poderia cobrar exemplarmente o governador Alckimin que também não está cumprindo sua obrigação, deixando de disponibilizar o que é fatia do Estado, fazendo com que nosso povo sofra na pele as consequências desse total descaso”.

Penha ainda alerta, “talvez estas pessoas não querem carnaval, Desfiles e Paradas, mas necessitam e tem o direito de uma melhor qualidade de vida para suportarem suas doenças senhor Prefeito”.

Carnaval em São Carlos - Alegando dificuldades financeiras, o prefeito Paulo Altomani disse, na semana passada, que não pretende utilizar recurso público na promoção do carnaval da cidade, mas se prontificou junto as escolas de samba de tentar obter recursos, cerca de R$ 90 mil, junto a iniciativa privada.

Caso consiga, serão realizados desfiles com duas escolas se apresentando no sábado, 6 de fevereiro e as outras duas na segunda-feira, 8. O local seria uma praça da cidade. Na quinta-feira, 4, data que antecede a Festa de Momo, a Prefeitura deve promover a escola da rainha e princesas do Carnaval, além do desfile de fantasias. O evento está previsto para acontecer no Ítalo-Brasileiro.

                                           


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp