16/12/2015 às 16h19min - Atualizada em 16/12/2015 às 16h19min

Biblioteca Comunitária da UFSCar inaugura linha do tempo de Florestan Fernandes

Trabalho retrata acontecimentos acadêmicos, profissionais e pessoais da vida do sociólogo brasileiro em homenagem aos 20 anos de sua morte

Heber Macedo

Com o objetivo de homenagear um dos mais importantes sociólogos brasileiros, foi inaugurada no na Universidade Federal de São Carlos  (UFSCar) a linha do tempo da trajetória de Florestan Fernandes, que retrata os principais acontecimentos acadêmicos, profissionais e pessoais de sua vida.

O trabalho foi inaugurado no âmbito das comemorações dos 20 anos da Biblioteca Comunitária (BCo) da UFSCar e está aberto ao público desde o dia 9 de dezembro. A iniciativa é uma realização do Departamento de Coleções de Obras Raras e Especiais (DeCORE) da BCo e marca os 20 anos da morte de Florestan.

A linha abrange desde o nascimento de Florestan, em 1920, até o ano de 2015, em que a Unesco criou a logomarca do Fundo Florestan Fernandes, que está alocado na Biblioteca. "Com base na biografia de Florestan Fernandes, elencamos alguns dos principais acontecimentos de suas vidas pessoal, acadêmica e política, como seu casamento com Myriam Rodrigues, o período de exílio no Canadá e a vinda de sua biblioteca particular para a BCo", explicam a bibliotecária Lívia de Lima Reis e a assistente administrativa Claudia de Moraes Barros de Oliveira, ambas do DeCORE.

A linha traz ainda outros acontecimentos como a entrada de Florestan na Universidade de São Paulo (USP), a defesa de sua dissertação e tese acerca da tribo dos Tupinambá, o ano em que se tornou professor titular na USP -, além dos períodos em que foi deputado federal por dois mandatos consecutivos, sendo um deles como deputado constituinte. "Junto à linha do tempo também foram destacados os principais prêmios, distinções e homenagens, além das principais obras de sua autoria", afirmam Reis e Oliveira.

O programador visual da Coordenadoria de Comunicação Social (CCS) da UFSCar, Matheus Mazini Ramos, foi o responsável pelo projeto gráfico da linha. O DeCORE contou com o apoio da Pró-Reitoria de Extensão (ProEx), por meio do projeto de extensão "20 anos sem Florestan Fernandes". Esse projeto busca homenagear o pensador, mostrar a importância de seu legado à comunidade acadêmica, científica e do público em geral, divulgando a existência de sua coleção de livros e documentos na BCo.
"Em 2015, dentro das comemorações dos 45 anos da UFSCar, 20 anos da BCo e 20 anos sem Florestan Fernandes, a Biblioteca se propôs a resgatar a memória, divulgar a riqueza da Coleção e do Fundo Florestan Fernandes, por meio de palestras, exposições, publicações e visitas monitoradas", afirmam Reis e Oliveira.

Mais Florestan

Além da linha do tempo recém-inaugurada, todo o acervo de livros da biblioteca particular de Florestan pode ser consultado no DeCORE. Muitos possuem notas e comentários feitos à mão pelo sociólogo. "Em 1996 a biblioteca particular de Florestan Fernandes foi adquirida pela UFSCar e, desde então, pesquisadores brasileiros e estrangeiros visitam e utilizam a preciosidade contida na coleção", enfatizam Reis e Oliveira.

Junto à aquisição da biblioteca particular de Florestan, objetos pessoais foram doados pela família à BCo e integram, hoje, o Museu Florestan Fernandes. Entre as peças do acervo estão a máquina de datilografia, placas de homenagens e a beca utilizada no recebimento do Título Honoris Causa na Universidade de Coimbra (Portugal).

O Fundo Florestan Fernandes é outra atração permanente e reúne documentos acerca das pesquisas e ações realizadas pelo escritor, também doados em 1996. "Em 2009, o Fundo Florestan Fernandes foi nominado como Memória do Mundo pela Unesco", contam Oliveira e Reis. O Fundo inclui fichas manuscritas das pesquisas acadêmicas do sociólogo, correspondências de Florestan com outras personalidades, recortes de jornais, cadernos, cadernetas, fragmentos, fotografias, cartazes, panfletos de campanha eleitoral, entre outros.

Atualmente, o DeCORE também realiza a exposição "Memórias de Florestan Fernandes: imagens de uma trajetória", com mais de 70 fotos que retratam momentos de sua vida pessoal, acadêmica e política e narram um pouco da história de vida desse importante sociólogo e professor brasileiro.

A exposição pode ser visitada até o dia 18 de dezembro, das 8 às 18 horas. A biblioteca e a linha do tempo de Florestan estão permanentemente no DeCORE e podem ser vistas no mesmo horário, de segunda a sexta-feira. O DeCORE fica no piso 5 da BCo, localizada na área Norte do Campus São Carlos da UFSCar. A entrada é gratuita. Mais informações pelo telefone (16) 3351-8428 ou pelo email [email protected].


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp