03/12/2015 às 23h36min - Atualizada em 03/12/2015 às 23h36min

Freire quer que secretário de Saúde explique situação da Divisão de Vigilância Epidemiológica

O vereador Equimarcilias Freire (PMDB) solicitou que a Comissão de Saúde da Câmara Municipal convide o secretário municipal de Saúde, Marcus Petrilli, para prestar esclarecimentos sobre o comando da Divisão de Vigilância Epidemiológica no município. "É necessário que o secretário dê uma satisfação sobre o que acontece com esse setor que está parado; não existe uma pessoa responsável pela chefia, o que é grave, pois já tivemos 41 mil casos de dengue no ano passado e não sabemos como será o trabalho de prevenção neste ano", afirmou o vereador na sessão da Câmara na última terça-feira.

Freire mencionou o trabalho da CPI da Dengue, que presidiu na Câmara Municipal, tendo apurado o registro de 41.307 casos da doença na cidade. Reclamou que o serviço de prevenção não vem ocorrendo e que após a saída da ex-chefe da Vigilância Epidemiológica, sobram incertezas. "Quem é o responsável, quem responde pela divisão, será o secretário?".

Nesta quinta-feira, o vereador voltou ao assunto, reafirmando a necessidade do convite ao secretário para comparecer diante da Comissão de Saúde, depois que na quarta-feira (2), Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindispam) recebeu denuncia de exercício ilegal do cargo de chefia da Vigilancia Epidemiologica da Prefeitura e de que a variação de temperatura da câmara fria daquele departamento pode ter comprometido 15 mil doses de vacinas que seriam distribuídas na rede municipal de Saúde. "Se conseguiram estragar 15 mil vacinas que estavam debaixo do nariz, imagine o que está fazendo na prevenção da dengue", declarou Penha, alertando para os riscos de transmissão do zika vírus e do vírus chikungunya, transmitidos pelo mesmo mosquito.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp