07/10/2015 às 12h02min - Atualizada em 07/10/2015 às 12h02min

Servidores na UFSCAR decidem encerrar greve de 132 dias

Retorno às atividades será unificado em todo país e acontecerá na quinta-feira (08)

Em assembleia realizada na terça-feira (06), os servidores técnicos administrativos (TA´s) na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) decidiram encerrar o movimento grevista. A condição para o retorno das atividades era a assinatura do acordo negociado entre a FASUBRA (Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnicos Administrativos em Instituições de Ensino Superior Publicas do Brasil) e o Governo Federal, que ocorreu no final do mesmo dia, em Brasília-DF.

O movimento, coordenado pela FASUBRA conta com a adesão de 66 universidades e instituições federais no País e completa hoje (07), 132 dias de paralisação. A volta ao trabalho será unificado e acontecerá nesta quinta-feira, dia 08

O coordenador do SINTUFSCar, Sergio Ricardo Pinheiro Nunes, destaca que essa foi a maior greve já realizada pelos servidores. "Esse foi um movimento de resistência, onde tivemos que enfrentar não só o Governo, que demorou a apresentar proposta que ia ao encontro da nossa pauta , mas também a Reitoria da UFSCar, que tentou de todas as maneiras judicializar a greve e desmoralizá-la a todo momento. Mesmo assim, resistimos e conquistamos um acordo que foi possível construir no momento, mas com a deliberação da categoria de que não vamos desistir de avançar mais", explica.

A greve, iniciada em 28 de maio, teve entre as reivindicações a instituição de acordo coletivo por meio da Convenção 151 (Organização Internacional do Trabalho), de suma importância para evitar greves, data base, reajuste salarial com recomposição das perdas inflacionárias (27,3%); aprimoramento da carreira com correção de distorções; além do repúdio ao ajuste fiscal do Governo Federal que trouxe cortes no orçamento das universidades e Instituições Federais de Ensino na ordem de R$ 9 bilhões, segundo o Ministério da Educação.

Acordo aprovado pela categoria

O acordo aprovado pelos servidores prevê um reajuste de 10,8% em duas parcelas sendo que a primeira, de 5,5%, será paga em agosto de 2016 e a segunda em janeiro de 2017. O step será reajustado em 0,1%, em janeiro de 2017 e também haverá reajuste nos benefícios (Auxílio Alimentação, no Auxilio Pré-escolar e no de Saúde).


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp