10/03/2015 às 12h04min - Atualizada em 10/03/2015 às 12h04min

Durante evento, Altomani diz que PT roubou a cidade por 12 anos

O prefeito Paulo Altomani (PSDB), usou mais uma vez o microfone de forma desastrosa. Durante a etapa do Campeonato Paulista de Indoor que ocorreu em um terreno na Vila Marina, no último final de semana, Altomani foi vaiado pelos participantes e pelo público presente que reclamavam a falta de estrutura do local para o evento.

O prefeito disse que não conseguia fazer mais pela cidade porque o Partido dos Trabalhadores (PT) roubou a prefeitura por 12 anos.

Altomani foi ao local após ficar sabendo que teria sido criticado pelo locutor do evento. A prefeitura, devido aos problemas financeiros, não pode colocar uma arquibancada no local.

Durante sua fala, Altomani foi categórico ao afirmar que a administração dos ex-prefeitos Newton Lima e Oswaldo Barba, ambos do PT, roubaram São Carlos. "Não podemos fazer melhor porque o PT roubou a cidade durante 12 anos", afirmou.

"Aqui não tem arquibancada, mas tem remédio. Tem comida nas escolas, aqui tem 62 mil refeições nas escolas, tem uniforme", disse Altomani, que ficou revoltado com as críticas feitas pelo locutor do evento.

Outro lado – Em nota, o Partido dos Trabalhadores afirmou que  repudia veementemente as acusações do prefeito Paulo Altomani durante o Campeonato Paulista de Indoor e lamenta profundamente o comportamento da maior autoridade municipal; e informa que tomará as medidas judiciais cabíveis para que o prefeito prove suas acusações.

Segundo a nota, o prefeito tenta culpar as administrações petistas (2001-2012) "pela incompetência do seu desgoverno, demonstrada pelo recorde de exonerações de secretários, na desorganização dos serviços públicos - que culminou na atual epidemia de dengue - e na paralisia de todas as políticas públicas".

Ainda segundo a nota o PT de São Carlos rechaça essas falsas acusações com números e informações oficiais. O partido alega que o governo Barba deixou a Prefeitura, no dia 1º de janeiro de 2013, com R$ 59 milhões em caixa, sem nenhum pagamento de curto prazo pendente, sem débitos com os fornecedores e uma relação dívida/receita de 9,95%, em 2001 era de 110%; em coletiva de imprensa no dia 10 de abril de 2013, o próprio prefeito apresentou boletim comprovando que a Prefeitura tinha cerca de R$ 120 milhões em caixa; além do equilíbrio financeiro, as gestões petistas deixaram cerca de 40 obras a iniciar ou em andamento, como escolas, unidades de saúde, UPA do Santa Felícia, segundo módulo do Hospital Escola, 1.792 casas populares, novo aterro sanitário, entre outras.

Ainda segundo o PT "a sociedade são-carlense deseja e merece que o governo municipal pare de ocultar a verdade e exija o cumprimento das inúmeras promessas feitas pelo prefeito Paulo Altomani no período eleitoral".


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp