04/03/2015 às 15h45min - Atualizada em 04/03/2015 às 15h45min

Lineu pede manutenção de vagas em creche da USP São Carlos

O vereador Lineu Navarro (PT) encaminhou uma moção de apelo, subscrita pelos seus pares, para a manutenção do número de vagas na Creche e Pré-Escola do Campus de São Carlos da USP – Universidade de São Paulo. O documento, datado desta terça-feira (3), será encaminhado ao reitor da USP, professor Marco Antonio Zago, e para outras autoridades e entidades relacionadas com a instituição.

Segundo Lineu, o apelo se faz necessário, haja vista o comunicado feito pela Superintendência de Assistência Social – SAS da Universidade de São Paulo, em 27 de janeiro, informando aos funcionários e docentes a suspensão do ingresso de novas crianças na Creche e Pré-Escola de São Carlos.

"A Creche e Pré-Escola da USP São Carlos tem historicamente conseguido se destacar como importante referência na qualidade da educação oferecida aos filhos de funcionários, docentes e estudantes das unidades da USP São Carlos, tendo inclusive produzido rico acervo teórico na área da educação infantil, o que não pode ser desprezado numa sociedade que luta para efetivamente colocar a educação como prioridade absoluta das políticas públicas", argumenta o vereador, que complementa afirmando que "a diminuição de vagas em qualquer escola em nosso país está na contramão da necessidade de ampliarmos o número de vagas em todo o sistema educacional brasileiro, particularmente na educação infantil – etapa fundamental dentro do processo educativo de nossas crianças".

A unidade de São Carlos cumpriu no ano passado todo o processo de seleção, instituído em regulamento interno, de novas crianças a ingressarem neste ano, já reduzindo o quantitativo antes existente de acordo com o objetivo de manter a qualidade da educação ofertada e não prejudicar as condições de trabalho dos funcionários da creche. O resultado desse processo seletivo levou em consideração o ingresso de novas crianças e foi divulgado no Informe Geral (mídia de ampla divulgação no Campus da USP São Carlos), certificando às famílias o atendimento na creche durante o ano de 2015.

Como paliativo ao impasse criado, em reunião ocorrida no final do mês de janeiro entre a Associação de Pais e Educadores (APESC) e funcionários da creche, chegou-se ao consenso de atender todas as crianças já matriculadas, ajustando temporariamente o período de atendimento para 9 horas diárias (das 8h às 17h) e resolvendo provisoriamente a questão da proporção criança/técnico de apoio educativo.

"Mesmo frente à difícil situação financeira orçamentária vivida atualmente pela USP, a área de assistência social aos membros da comunidade universitária deve ser  preservada pelo menos nos padrões duramente conquistados. A redução das vagas afeta as condições de vida e de satisfação dos membros da comunidade universitária, o que é fator preponderante para a manutenção e o reconhecimento da Universidade de São Paulo como modelo do sistema educacional do país, para o que o campus de São Carlos tem contribuído sobremaneira", concluiu Lineu.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp