26/11/2013 às 14h26min - Atualizada em 26/11/2013 às 14h26min

Funcionários do SAMU denunciam assédio moral

O Sindicato dos Servidores Públicos de Autárquicos de São Carlos (Sindspam) recebeu, semana passada, funcionários do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que estão denunciando assédio moral por parte da chefia da Secretaria Municipal de Saúde.

De acordo com o presidente do Sindicato, Adail Alves de Toledo, os funcionários estão sendo vítima de remanejamento de local de trabalho e de função sem uma comunicação prévia, o que levou o Sindspam a protocolar denúncia à Procuradoria Regional do Trabalho, em Araraquara.

"O prefeito se comprometeu aqui no sindicato de que se houvesse necessidade de mudança seria avaliado, o que vejo, é que nessas mudanças que ocorreram na área da saúde existe uma perseguição aos servidores", afirma.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp