24/11/2013 às 12h20min - Atualizada em 24/11/2013 às 12h20min

Tribunal nega Habeas Corpus para acusado de matar Maiara

O Tribunal Justiça (TJ-SP) negou o pedido de Habeas Corpus a favor de José Henrique Vendrasco, acusado de matar Maiara Cristina de Oliveira de 25 anos, em janeiro deste ano. Maiara foi encontrada morta na cidade de Leme, após ficar alguns dias desaparecida da sua casa.

O advogado do acusado, Arlindo Basílio informou que irá recorrer da decisão do TJ, pois entende que o réu contribuiu com a Justiça durante todo o processo de investigação, comparecendo as audiências e prestando depoimentos.

Basílio informou ainda que acredita na culpa do co-réu citado no processo como executor do crime, o mesmo foi denunciado a Justiça, mas o pedido de prisão preventiva foi negado pelo juiz.

Vendrasco ocupava a chefia da Divisão de Obras na Progresso e Habitação (Prohab) e  foi exonerado do cargo no último dia 12. Porém Vendrasco nem chegou a exercer a função, pois desde o dia da posse, 3 de janeiro, estava afastado pelo Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) após um acidente.

Notícias relacionadas: Caso Maiara: Acusado de ser mandante do crime se entrega à Polícia


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp