07/11/2013 às 10h22min - Atualizada em 07/11/2013 às 10h22min

Polícia acredita que mãe e filha foram mortas por motivos passionais

Reprodução / TV

Policiais Civis suspeitam que Aparecida do Vale, 72 e sua filha Érica Aparecida do Vale, 35, foram mortas por motivos passionais. O delegado da DIG, Gilberto de Aquino informou que o ex-namorado de Érica a não aceitava o fim do relacionamento, para piorar a situação do suspeito, ele foi visto por vizinhos deixando a casa onde as duas foram encontradas mortas com várias facadas.

Uma faca e um punhal que foram usados no crime foram apreendidos na casa. Amigos das vítimas informaram que Érica terminou o namoro com o suspeito há cerca de um mês e confirmaram que o homem não se conformava com o fim do relacionamento.

A Polícia Civil ainda não tem pistas do suspeito. O caso está sendo acompanhado pelo 2º Distrito Policial da Vila Prado e Delegacia de Investigações Gerais (DIG).


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp