01/11/2013 às 09h41min - Atualizada em 01/11/2013 às 09h41min

Em coletiva, prefeito Altomani avalia liberação de recursos para investimentos em São Carlos

O prefeito Paulo Altomani concedeu no início da tarde desta quinta-feira (31), na sala os ex-prefeitos Antonio Massei, no Paço Municipal, uma entrevista coletiva para avaliar a liberação deu uma verba de mais 56 milhões, aprovada pelo Governo Federal através do Ministério das Cidades, recursos que serão investidos na ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto do Córrego do Monjolinho, na construção da uma nova Estação de Tratamento de Água no CEAT e em obras de pavimentação, acessibilidade e prevenção de cheias na região do Varjão.

Participaram da coletiva o presidente do SAAE Sérgio Pepino, os secretários municipais, Júlio Soldado (Governo), Júlio Cesar Pereira de Souza (Planejamento e Gestão), Márcio Marino (Obras), Luciano Arantes (Comunicação), os vereadores Rodson Magno (representando o presidente da Câmara Marquinho Amaral), Ditinho Matheus, Cidinha do Oncológico, Paulo Taú, Catharino, o líder de governo na Câmara Municipal, Lucão Fernandes e diretores e representantes do SAAE.

Na coletiva, Altomani apresentou os valores liberados para cada obra e falou do esforço dos envolvidos. "É nosso governo colhendo os frutos, os projetos do SAAE e da Secretaria de Obras foram apresentados e aprovados em tempo recorde. São grandes obras que preparam a cidade para o desenvolvimento, que deve se completar em breve com a internacionalização do aeroporto Mário Pereira Lopes. É isso que queremos, um crescimento com infraestrutura, preservando a qualidade de vida da população", comentou o prefeito.

Da verba liberada pelo Ministério das Cidades, pouco mais de 51 milhões correspondem aos projetos do SAAE, que serão investidos na construção da nova Estação de Tratamento de Água (ETA) no Distrito Industrial e na ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto do Monjolinho. Durante a coletiva o presidente do SAAE falou da importância das obras "Fizemos um projeto construtivo, completo e conseguimos defender isso. As obras vão atender as necessidades da população de São Carlos até 2031 e o melhor, são 28 milhões à fundo perdido, onde o SAAE só vai entrar com a administração e fiscalização."disse Pepino.

A Secretaria de Obras, por sua vez, conseguiu liberação de 5,4 milhões, dinheiro que vai beneficiar a região do Varjão, com pavimentação, drenagem, calçadas e a construção de um tanque de 4.500 m³ para retenção de água contra enchentes. "O Varjão é considerado um vetor de crescimento da cidade, muita gente já está residindo naquele bairro que nunca teve pavimento. Só posso dizer que as obras são mais uma conquista do prefeito Paulo Altomani, só temos que agradecer e elogiar o trabalho," afirmou o secretário de Obras Públicas Márcio Marino.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp