27/09/2013 às 21h19min - Atualizada em 27/09/2013 às 21h19min

São Carlos terá 100% de esgoto tratado no ano que vem

Dando continuidade à conclusão da primeira etapa da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), de São Carlos, teve aprovado pelos vereadores, na Câmara Municipal, um crédito de R$ 2,8 milhões, para a realização das obras. A previsão é que São Carlos trate 100% do esgoto no primeiro semestre do ano que vem.

O adicional de R$ 2,8 milhões complementará dotação já existente na autarquia que totalizará a quantia de R$ 3,3 milhões, que será investido em obras complementares da ETE Monjolinho, através do Programa Pró-Saneamento, e também para a construção de emissários, de interceptores e sifões invertidos da estação elevatória.

Segundo o presidente do SAAE, Sérgio Pepino, a aprovação do adicional é muito importante para dar continuidade na conclusão da primeira etapa, que vai proporcionar o tratamento de 100% do esgoto da cidade até o primeiro semestre do ano que vem. "Atualmente, a cidade tem 90% do seu esgoto tratado. Isso já é maravilhoso, porém, tratando 100%, podemos dizer que São Carlos, realmente, é a Cidade da Tecnologia", disse.

O projeto foi concebido pelo Departamento de Hidráulica e Saneamento da Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo (EESC-USP), localizado no antigo sítio Santa Adelaide, situado na estrada municipal Cônego Washington José Pêra.

A conclusão da ETE recuperará todo o ciclo biológico de três cachoeiras. A segunda etapa deverá ser implantada em 2015, prevendo-se o tratamento de 1.000 l/s. Estimando-se uma população de 500 mil habitantes, já a terceira etapa deverá ser implementada, a partir de 2055, com capacidade de tratar 1.270 l/s.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp