27/09/2013 às 21h08min - Atualizada em 27/09/2013 às 21h08min

Altomani projeta internet grátis para 2014

O prefeito Paulo Altomani apresentou nesta quinta-feira (26), o projeto denominado "Cidade Digital", que oferecerá acesso gratuito, via wireless, para todas as residências, praças e equipamentos públicos do município, além de promover a integração dos munícipes com os órgãos da prefeitura. A primeira iniciativa será tomada por meio das secretarias de Saúde e Educação, interligando as escolas e as unidades de saúde que ainda não estão conectadas, além da área de segurança pública.

Participaram do evento diversos secretários municipais, presidentes de autarquias, representantes da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, e professores do Instituto de Física da USP, responsáveis pela elaboração de um projeto denominado Município Integrado Digital com Aplicações Sociais (MIDAS).

O prefeito disse que esse projeto vai transformar a cidade na questão da internet, oferecendo à toda a população condições de acesso gratuito ao sistema. "Tudo que já funciona através da Rede Sanca vai ser aproveitado, com a utilização de torres de rádio, de TV, de telefonia celular e até mesmo as caixas d'água instaladas nos bairros. Vamos trabalhar para que a partir de  março de 2014 a internet esteja seja disponível gratuitamente para os moradores de São Carlos.

O professor Luiz Gussen, do Instituto de Física, responsável pelo desenvolvimento do projeto MIDAS, explicou que o objetivo da reunião com vários secretários e o prefeito foi apresentar toda a estrutura e identificar as reais necessidades do município com relação ao fornecimento dessa ferramenta para que a população tenha acesso ao sistema gratuito. "Esse projeto já foi implantado com muito sucesso nas cidades de Sobral (CE) e Leme (SP) e queremos que São Carlos também possa desfrutar desse sistema", informou.

Para a implantação do projeto a prefeitura terá um investimento inicial de R$ 2 milhões, mas de acordo com o professor, o município poderá obter receitas com o programa oferecendo um provedor e comercializar o serviço para empresas. "Esse é um programa que pode transformar o município numa possibilidade de acesso ao conhecimento, através da internet, em um programa que vai enriquecer cada vez mais a potencialidade de São Carlos", garantiu.

Na oportunidade, o prefeito solicitou a todos os secretários municipais que elaborem estudos para fazer um levantamento de cada pasta para viabilizar a implantação do sistema.

Marcaram presença na reunião os secretários Celso Higashi (Trânsito e Transportes), José Carlos Correa (Serviços Públicos), Márcio Marino (Obras Públicas), Wiviane Spaziane (Cidadania e Assistência Social), Hilário Apolinário (Trabalho, Emprego e Renda), Beatriz Tolentino (Infância e Juventude), Helena Maria Cunha do Carmo Antunes (Administração e Gestão de Pessoal), Luciano Arantes (Comunicação), José Poianas (Fazenda), Carlos Alberto Andreucci (Educação), Alice Altomani (presidente do Fundo Social de Solidariedade), Luiz Carlos Triques (diretor-presidente da Fundação Pró-Memória), Edson Bello Bello (diretor-presidente da Fundação Educacional São Carlos), Mauro Moraes (presidente Prohab), Sérgio Pepino (presidente SAAE), Jorge Luis Negretto (comandante da Guarda Municipal), Clóvis Biscegli (diretor de desenvolvimento econômico da secretaria de Desenvolvimento Sustentável, Ciência e Tecnologia), Daniel Fernando de Souza (Diretor de Tecnologia da Informação), Pedro Caballero (Defesa Civil), André Vilar (assessor de relações institucionais), Ulisses Cavalcanti (ouvidor).


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp