24/04/2013 às 18h35min - Atualizada em 24/04/2013 às 18h35min

18% dos exames realizados no SVO de Américo são de pessoas mortas em São Carlos

A falta do Serviço de Verificação de Óbito (SVO) em São Carlos já há tempos é um obstáculo para familiares que perdem seus parentes por uma morte cuja causa não seja de forma violenta ou em decorrência de algum acidente. Quando a causa morte não é violenta ou não tem um motivo aparente o corpo da vítima tem de ser levado para o SVO mais perto da cidade de origem, hoje o mais próximo de São Carlos é o SVO instalado no Hospital de Américo Brasiliense.

Esse procedimento é feito quando o médico se recusa a emitir o atestado médico de morte natural de um Hospital ou Unidade de Saúde. Além da questão do deslocamento outro problema enfrentado pela família é o horário de funcionamento, os médicos do serviço realizam seus exames das 6 às 18h, quando a morte é registrada após esses horários a família é obrigada a esperar o atendimento nesse período e ainda aguardar a ordem de chegada.

O custo da remoção de São Carlos para a Américo Brasiliense é pago pela própria família nos casos particulares, já para quem tem plano funerário o serviço em algumas empresas não é cobrado.

Atendimentos – De acordo com a assessoria de imprensa do Hospital Estadual de Américo Brasiliense de janeiro a março deste ano já foram realizados 68 exames necroscópicos de vítimas das 24 cidades que são atendidas nesta unidade. Desse total, 12 casos (18%) foram de São Carlos.

Instalação em São Carlos – Há pelo menos dois anos vereadores de São Carlos pedem a implantação do SVO em nossa cidade. Em março do ano passado o vereador Dé Alvim (PT) encaminhou indicação à Prefeitura, sugerindo implantação do Serviço em parceria com o Hospital Escola Municipal. Em fevereiro deste ano foi à vez do vereador José Luis Rabello (PSDB) solicitar que a Prefeitura buscasse implantar no município o SVO. Rabello solicitou por meio de requerimento, que o prefeito acionasse o departamento competente da Prefeitura para atuar no sentido da instalação do SVO na cidade em curto prazo. "Esse serviço é de relevante interesse público, pois além de amenizar o transtorno dos familiares, também propicia melhorias quanto à proteção social", argumentou o vereador na época em que protocolou seu requerimento

Inaugurado em 2011 - O Serviço de Verificação de Óbito (SVO) de Américo Brasiliense foi inaugurado em Julho de 2011 no Hospital Estadual daquela cidade. O SVO atende 24 cidades do DRS III englobando: Américo Brasiliense, Araraquara, Boa Esperança do Sul, Borborema, Cândido Rodrigues, Descalvado, Dobrada, Dourado, Gavião Peixoto, Ibaté, Ibitinga, Itápolis, Matão, Motuca, Nova Europa, Porto Ferreira, Ribeirão Bonito, Rincão, Santa Ernestina, Santa Lúcia, Santa Rita do Passa Quatro, São Carlos, Tabatinga, Taquaritinga e Trabijú.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp