11/04/2013 às 17h15min - Atualizada em 11/04/2013 às 17h15min

Vereador Penha inicia trabalho para pleitear unidade da AACD em São Carlos

O vereador Aparecido Donizetti Penha (PPS) protocolou na Câmara Municipal uma moção de apelo ao prefeito Paulo Altomani (PSDB) "para que viabilize  negociações junto ao governador do Estado de São Paulo, bem como junto à Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), no sentido de se viabilizar, através de convênios a instalação de uma Unidade daquela instituição em São Carlos.

A AACD é uma respeitada entidade privada que com mais de 60 anos de atuação no país, oferece centro de reabilitação para crianças e adolescentes com deficiências físicas e sua reinserção na sociedade. Mantém unidades de atendimento em São Paulo, Osasco, Campo Grande, Rio de Janeiro, Uberlândia, Recife, Porto Alegre, Mogi das Cruzes, Joinvile, São José do Rio Preto e Poços de Caldas.

Na moção, Penha afirma ser necessária a instalação em São Carlos de um centro integrado de atendimento multidisciplinar nas áreas de Fisioterapia, Terapia Ocupacional, Hidroterapia, entre outros, para as pessoas deficientes. "A cidade atualmente conta com grande número de crianças e adolescentes portadores de deficiência física, os quais não têm atendimento público nessas áreas", observa.

Penha destacou que os custos com os atendimentos são muito altos, sendo na maioria das vezes realizadas por convênios particulares, "fato que inviabiliza a realização dos tratamentos por grande parte de nossa população mais humilde". Ele ressaltou que São Carlos encontra-se em ponto estratégico na região central do Estado de São Paulo, onde a instalação de um Centro da AACD poderá atender os deficientes da cidade e também dos municípios da região.

CONTATO COM A INSTITUIÇÃO - O vereador informou entrou em contato com a AACD de São Paulo e obteve todas as informações para viabilização da instalação de uma Unidade em São Carlos. Segundo ele, há possibilidade de atendimentos da instituição nas áreas de Fisioterapia Física e aquática, Terapia Ocupacional, Hidroterapia, Fonoaudiologia, Pedagogia especial, Neuropediatria, Odontologia especial, oftalmologia especial, Ortopedia para deficientes, Urologia para deficientes, entre outros "dependendo da demanda".

Outro ponto também destacado pelo vereador está relacionado na participação da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) na instalação da AACD. "A UFSCar possui formação de profissionais na área de Engenharia de Materiais, podendo, por meio de convênios, subsidiar a AACD na produção de próteses e órteses, produtos de altíssimos custos para as famílias que possuem pessoas deficientes". Penha afirmou que "a produção em nossa cidade, através da Engenharia de Materiais, facilitaria o acesso desses produtos por familiares de baixa renda que não conseguem adquiri-los no mercado normal".

Conforme orientação da AACD de São Paulo, o vereador informou que para ser feita a instalação de uma Unidade em São Carlos é necessária a formulação de um ofício pelo prefeito informando sobre o interesse em implantar, por meio de convênios. Também deverão ser encaminhados dados sobre as cidades da região que poderão ser abrangidas no atendimento, sobre a UFSCar -viabilização do fabrico de próteses e órteses - e informações sobre o porte de atendimento (por exemplo, a unidade da AACD no Espírito Santo presta 150 atendimentos diários, sendo considerada de médio porte).De acordo com a instituição, será necessário ainda apresentar estudo elaborado pela Secretaria Municipal de Saúde a respeito da previsão de demanda, perfil dos deficientes a serem atendidos, bem como sobre o porte da Unidade pleiteada.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp