08/04/2013 às 11h19min - Atualizada em 08/04/2013 às 11h19min

Palmeiras vence em Campinas, quebra série invicta da Ponte Preta e se classifica

No reencontro de Gílson Kleina com o Moisés Lucarelli, o Palmeiras visitou a Ponte Preta neste domingo (7) em busca da classificação para as quartas de final do Paulistão Chevrolet 2013 e encerrou a série invicta da equipe campineira ao vencer pelo placar de 2 a 1.

O Palmeiras vai a 31 pontos e pode terminar a rodada em sexto lugar A Ponte, com 34, segue na vice-liderança do Paulistão.

Com três minutos de partida, Tiago Real abriu o placar para o Palmeiras. Após troca de passes, a bola foi cruzada na área e o meia usou a cabeça para fazer o primeiro gol alviverde na partida.

O jogo se mostrava bastante equilibrado, com os dois times buscando colocar a bola no campo de ataque. Aos 17, Ramírez bateu falta e Ferron subiu para o cabeceio, que saiu por cima do gol. Depois, Edson Bastos quase se complicou ao tentar dominar a bola na área, sendo marcado por jogador do Palmeiras.

Ayrton tentou o cruzamento para Tiago Real, mas Edson Bastos chegou antes para o corte. Depois, o lateral-direito recebeu na esquerda e tentou achar o ângulo do goleiro, mas ela passou perto da trave.

As duas equipes buscavam usar da marcação para ficar com a bola e disputavam espaço para a troca de passes. Caio ganhou do zagueiro, dominou e bateu cruzado pela linha de fundo. Aos 37, em cobrança de falta, Ayrton cobrou nas mãos do goleiro da Ponte.

Ramírez, aos 42 minutos, empatou a partida. Em jogada pela esquerda, a bola foi cruzada na área e Ramírez chegou antes de Fernando Prass para colocar a bola nas redes palmeirenses.

No começo do segundo tempo, Ramírez teve a chance de fazer o gol na cobrança de falta, mas acertou o travessão. O Palmeiras buscava ficar com a bola no ataque, mas a Ponte Preta seguia em cima, tentando criar chances de gol.

O Palmeiras continuou pressionando e chegou ao segundo gol aos 22 minutos com Leandro, após jogada de Juninho, acertando o canto esquerdo da meta de Edson Bastos.

A Ponte passou a se colocar mais no campo de ataque. Fernando Prass teve de trabalhar para evitar que bola cruzada da direita acabasse em finalização. Uendel, aos 35, foi para o levantamento e, por pouco, Diego Rosa não empatou a partida. O Palmeiras respondeu em tentativa de Ronny, aproveitando erro da defesa da Ponte, e chutou para boa defesa de Edson Bastos.

Vinícius bateu de fora da área e Edson Bastos caiu para defender. Aos 42, a Ponte ficou com um jogador a menos, quando Cleber acabou expulso após fazer falta em jogada com Ronny perto da linha de fundo do campo defensivo da equipe da casa.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp