05/04/2013 às 11h15min - Atualizada em 05/04/2013 às 11h15min

Secretaria de Saúde de São Carlos deve apresentar minuta de instrumento legal para viabilizar atividades do curso de Medicina

Foi realizada na tarde desta quinta-feira, 4 de abril, reunião na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) que contou com a participação do Vice-Reitor da UFSCar, Adilson de Oliveira; o Secretário Municipal de Saúde de São Carlos, Edilson Seraphin Abrantes; o Coordenador do curso de Medicina, Bernardino Souto; representantes dos estudantes do curso de Medicina e, também, outros integrantes da Administração Superior da Universidade.

A reunião havia sido solicitada pelo Reitor da UFSCar, Targino de Araújo Filho, em ofício encaminhado ao Prefeito de São Carlos, Paulo Altomani, no dia 27 de março deste ano. O objetivo foi dar andamento às negociações para que sejam oferecidas condições operacionais, nas unidades da rede pública de Saúde do Município, para que os estudantes possam reiniciar suas atividades de formação nesses locais.

O Secretário de Saúde comprometeu-se, na reunião, a encaminhar à Universidade até amanhã, dia 5 de abril, minuta do instrumento legal que irá detalhar a parceria entre a UFSCar e a Prefeitura no que diz respeito à atuação dos médicos que atendem nas unidades de Saúde como preceptores, ou seja, recebendo os estudantes da Universidade durante as consultas que realizam.

Uma primeira versão desse documento havia sido entregue ao Secretário no início deste ano, a partir da identificação, pela Universidade, da necessidade de tratamento mais específico à questão da preceptoria, já abordada no convênio geral firmado com a Prefeitura Municipal de São Carlos em janeiro de 2007.

No momento da entrega, foi esclarecido que ao menos um instrumento provisório precisaria estar acordado até o dia 18 de fevereiro, quando deveriam ser iniciadas as atividades dos estudantes de Medicina na rede de Saúde do Município. No entanto, até a data de hoje, a UFSCar não recebeu resposta formal da Prefeitura sobre essa questão.

"Na reunião, o Secretário de Saúde nos disse que os documentos estavam em análise pelo setor jurídico da Prefeitura e que, até amanhã, uma proposta deverá ser entregue à Universidade. Na reunião, foi reiterada por ambas as instituições o compromisso comum não apenas com o curso de Medicina da UFSCar, mas com o aprimoramento do atendimento à Saúde em São Carlos. Frente a isso, nossa expectativa é que, a partir de agora, essas negociações possam ganhar agilidade e que, em poucos dias, as atividades do curso de Medicina sejam retomadas. Mas, para além disso, esperamos que o diálogo iniciado neste momento tenha continuidade, pois o curso de Medicina tem, como princípio, essa parceria", afirma o Vice-Reitor da UFSCar. "Nós ficaremos aguardando e, no que diz respeito à Universidade, trataremos a questão como absolutamente prioritária", complementou.

"Não é apenas a formação dos estudantes de Medicina que depende dessa interação com o Município. A implantação do curso em São Carlos já trouxe muitos benefícios ao Sistema Único de Saúde na cidade e essas contribuições ainda podem ser muito ampliadas. Já há, por exemplo, vários professores da UFSCar, médicos, atendendo a população nas unidades públicas de Saúde, inclusive em especialidades que, antes, não podiam ser resolvidas sem o encaminhamento dos pacientes para outros municípios. Por isso, continuaremos empreendendo todos os esforços necessários tanto para garantir a formação de qualidade dos nossos estudantes, quanto para concretizar o compromisso estabelecido pela UFSCar com o aprimoramento dos serviços de Saúde oferecidos à população, extrapolando, inclusive, apenas a área da Medicina", avalia a Pró-Reitora de Graduação da UFSCar, Claudia Reyes, também presente à reunião.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp