22/03/2013 às 12h06min - Atualizada em 22/03/2013 às 12h06min

Lineu reapresenta “Projeto Conservador das Águas”

O vereador Lineu Navarro (PT) afirmou em pronunciamento na última sessão da Câmara, com referência ao Dia Mundial da Água, que transcorre neste dia 22, que voltará a propor a adoção no município do Projeto Conservador das Águas, um inovador programa que garante a sustentabilidade dos manejos e práticas implantadas por meio do Pagamento por Serviços Ambientais.

Implantado em Extrema, no Sul de Minas Gerais há quase 20 anos por meio de parceria entre o município, o Instituto de Florestas de Minas e uma Ong alemã, o projeto gera incentivos econômicos a proprietários que mantêm áreas de mata nativa ou que pretende recuperar áreas.

O programa projeto remunera financeiramente os proprietários que concordam em manter intacto e reflorestar recuperar a vegetação ciliar das nascentes de água que estão dentro de suas propriedades. As áreas são cercadas e os proprietários  recebem por hectare, aumentando com isso a quantidade e a qualidade de água das nascentes.

No ano de 2009 o vereador visitou a cidade de Extrema onde conheceu detalhes do programa e organizou uma audiência pública na Câmara Municipal de São Carlos, com presenças do gerente de Conservação de Água e Solo da Agência Nacional de Águas (ANA) e de  representantes dos poderes Executivo e Legislativo dos municípios das bacias dos rios Jacaré Pepira e Mogi Guaçu.Na época, Lineu defendeu junto ao ex-prefeito que fosse implantado projeto semelhante em São Carlos. Já no início de 2012 convenceu a Prefeitura a participar do edital lançado pela Agência Nacional de Águas que disponibilizou recursos para seis projetos que foram selecionados em nível nacional com esse objetivo.Agora, Lineu informou que  está reencaminhando o pedido à atual administração municipal para que se empenhe na implantação do projeto.

Lineu  entende que existe viabilidade da aplicação do projeto em São Carlos, que é  abastecida por 50% de água subterrânea, 50% de água do Ribeirão Feijão e do Córrego do Monjolinho. Para ser implementado é necessário que o "Conservador de Águas" seja instituído por meio de projeto de lei a ser proposto pelo Executivo.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp