21/03/2013 às 21h06min - Atualizada em 21/03/2013 às 21h06min

Sindicato convoca assembleia para apresentar proposta de reajuste enviado pela Prefeitura

O Sindicatos dos Servidores Públicos Municipais e Autárquicos de São Carlos (Sindspam), divulgou nesta quinta-feira (20) em seu site, detalhes que como está o andamento das negociações para o Acordo Coletivo 2013-2014 da categoria.

O sindicato informou que enviou a pauta em fevereiro de 2013  para a Administração onde as principais reivindicações eram a revisão salarial pelo IPCA, aumento real para todos os servidores e implantação do auxílio alimentação com valor majorado.

Este mês começaram as rodadas de negociação numa mesa composta por representantes da Prefeitura e do Sindicato. A Prefeitura inicialmente alegou falta de recursos e disposição de conceder apenas o IPCA.

Várias reuniões se seguiram, onde o sindicato demonstrou, através de cálculos elaborados por técnicos que assessoram a entidade, a possibilidade de se conceder um  aumento real.

No dia 14 de março a Prefeitura apresentou a proposta de reajuste linear de 7,5% (IPCA mais aumento real de 1,19%) e informou que aquele seria o limite, não havendo margem para uma nova proposta.

A partir de então, o sindicato aumentou a pressão, realizando reuniões com parlamentares, divulgação na imprensa e novas reuniões com secretários da Prefeitura para provar que um aumento real maior era possível.

Em 19 de março a Prefeitura apresentou nova proposta, de concessão do IPCA e aumento real escalonado, informando que esta passava a ser a única proposta. Informou, ainda, que precisaria de um prazo de alguns meses para realizar a licitação do auxílio alimentação e implantar o benefício.

O sindicato está insistindo em aumento real igualitário para todos os servidores, mas a Prefeitura insisti na proposta de aumento escalonado. Os dirigentes sindicais manifestaram preocupação em relação a legalidade desse reajuste escalonado, mas a Prefeitura assegurou que aplicaria o reajuste sem ferir a Constituição e que assumia a responsabilidade por isso.

O Sindspam encaminhou nova proposta de auxílio alimentação de R$ 160,00, com participação do Servidor de 5 a 10%, de acordo com a faixa salarial. Os diretores consideram que a proposta apresentada é um avanço nas negociações, embora contrarie a proposta que foi sustentada pelo sindicato em todas as reuniões.

O Sindspam estará apresentado a proposta da Prefeitura na assembleia extraordinária que será realizada nesta sexta-feira (22) na sede do sindicato na rua dos Ferroviários em frente a escola Jesuíno de Arruda a partir das 18h30.

Para ver a tabela de reajustes por função clique aqui.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp