07/03/2013 às 12h06min - Atualizada em 07/03/2013 às 12h06min

Ney Franco "adota" Pacaembu e quer manter série invicta

O Morumbi é a casa do São Paulo, mas não é exagero nenhum afirmar que o técnico Ney Franco conhece muito bem o Pacaembu e "adotou" o estádio. Afinal, ele está invicto lá no comando do Tricolor. Na noite desta quinta-feira, o treinador espera usar isso ao seu favor diante do Arsenal (ARG), pela terceira rodada do Grupo 3 da Copa Libertadores.

Ney Franco chegou ao clube paulista em julho do ano passado. Desde então, ele comandou o São Paulo em 53 partidas. Destas, três foram no Pacaembu, com três vitórias. A primeira aconteceu na última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro de 2012. E o grande responsável por ela foi Luis Fabiano.

Com dois gols do camisa 9, o Tricolor Paulista bateu o rival Corinthians por 2 a 1 de virada. No returno, mesmo com o time reserva, Ney Franco fez a equipe alvinegra novamente de vítima. Na despedida do Nacional, os são-paulinos voltaram a vencer o Majestoso, desta vez por 3 a 1, com gols de Maicon (2) e Douglas.

"É sempre melhor jogar em casa, que é o Morumbi. Mas aceitamos essa punição da Conmebol e vamos jogar no Pacaembu, que é um campo muito bem estruturado. Temos um bom aproveitamento aqui. No ano passado, todas as vezes que jogamos aqui fomos bem. Espero que eu possa manter essa série invicta", disse Ney Franco.

Pelas quartas de final da Sul-Americana, uma atuação que o treinador considera uma das melhores da equipe sob o seu comando. O São Paulo não tomou conhecimento da Universidad de Chile (CHI), então atual campeã do torneio, e goleou por 5 a 0. Jadson (2), Lucas, Luis Fabiano e Toloi marcaram os gols da noite.

"Jogar bem é o primeiro passo para ter a vitória. Em alguns momentos você não consegue jogar bem, mas consegue o resultado. O ideal é aliar as duas coisas. Estamos trabalhando para isso. Em alguns jogos a equipe caiu de produção, mas temos a preocupação de ter o jogo no nosso controle", completou Ney Franco.

E não é só o técnico que está invicto no Pacaembu. Pela Libertadores, o Tricolor nunca perdeu no estádio. Ao todo, são cinco jogo, com três vitórias e dois empates. O último jogo foi em 1994 - empate em 0 a 0 com o Palmeiras. Depois da vitória sobre o The Strongest (BOL) por 2 a 1, no Morumbi, o São Paulo quer vencer os argentinos para se consolidar no grupo.

"Morumbi é nossa casa, estamos acostumados a jogar no lá. O Pacaembu é um pouco menor, mas não pode atrapalhar nosso foco e objetivo. Temos de fazer nosso trabalho para conseguir uma boa vitória", concluiu o atacante Osvaldo, que tem sido um dos destaques do São Paulo nesta temporada.

Fabrício será titular

Ney Franco só fará uma mudança no time em relação ao que venceu o The Strongest. Com dores no joelho direito, o volante Denílson foi vetado para o duelo desta quinta e Fabrício já está confirmado ao lado de Wellington. Será a primeira partida do jogador como titular do São Paulo na Libertadores.

"Libertadores é mais gostoso para quem gosta de jogada mais firme, pois favorece esse estilo de jogo, mas na medida certa. Não pode ter exageros para não se complicar nos cartões. Já joguei essa competição e com certeza será um jogo muito bom para todos nós", disse Fabrício.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp