01/03/2013 às 12h33min - Atualizada em 01/03/2013 às 12h33min

Na força, Tricolor derruba o The Strongest (BOL) no Morumbi

Rubens Chiri / saopaulofc.net

O The Strongest honrou o nome que leva o clube.  Mas o São Paulo foi ainda mais forte. Mostrou a força de um clube que é três vezes campeão da Libertadores. Levou um duro golpe aos 20 minutos do primeiro tempo, mas soube se levantar. Buscou forças, mostrou espírito de Libertadores e vibrou no fim.

Com um gol de Osvaldo e Luis Fabiano, o Tricolor Paulista venceu o time boliviano de virada por 2 a 1, na noite desta quinta-feira, no Estádio do Morumbi, pela segunda rodada do Grupo 3 da principal competição continental. Com o resultado, a equipe são-paulina chegou a três pontos na chave, liderada pelo Atlético-MG, que tem seis.

O time boliviano foi ao Morumbi disposto a se defender e surpreendeu o São Paulo abrindo o placar. Mas a equipe não se entregou e foi buscar o empate ainda na etapa inicial com Osvaldo. No segundo tempo, Ney Franco foi importante ao colocar em campo Cañete e PH Ganso. A dupla foi fundamental para Luis Fabiano marcar o gol que garantiu o primeiro triunfo do Tricolor nesta fase da Libertadores.

SUSTO

O São Paulo partiu para cima do The Strongest logo na saída de jogo. Antes do primeiro minuto, o atacante Aloísio aproveitou a sobra da jogada de Osvaldo e marcou o gol. No entanto, o árbitro não deu vantagem no lance para o são-paulino e assinalou a falta em Osvaldo. Na cobrança, Rogério Ceni, por muito pouco não marcou.

A equipe tricolor seguiu melhor na partida e com o controle da posse de bola. No entanto, levou um susto aos 20 minutos de jogo. Após escanteio cobrado da esquerda, Barrera desvio no meio do caminho e enganou a zaga são-paulina. A derrota momentânea pegou a todos de surpresa no Morumbi.

Aos 39 minutos, o atacante Luis Fabiano teve ótima chance ao ser lançado por Aloísio, tirar o zagueiro do lance e tocar por cobertura. Mas a bola subiu muito. A apreensão acabou minutos depois, quando Osvaldo pegou rebote de Fabuloso e empatou a partida. No lance, participação importantíssima mais uma vez de Aloísio.

FORÇA TRICOLOR

O Tricolor voltou do intervalo disposto a virar o placar. Aos 15 minutos, Jadson acertou o travessão. Logo depois do lance, Ney Franco fez a primeira alteração e deixou o time mais ofensivo. Tirou o volante Denilson e colocou o meia Paulo Henrique Ganso. Logo no primeiro lance, o camisa 8 criou boa chance de gol ao time.

Com mais poder ofensivo, o São Paulo buscou alternativas para furar o bloqueio boliviano. Aos 25 minutos, Cañete foi a campo na vaga de Aloísio. E as mudanças do treinador surtiram efeito. Aos  34 minutos, Cañete lançou PH Ganso dentro da área. O camisa 8, com um leve toque de direita, deu o passe para Luis Fabiano virar o jogo. O camisa 9 igualou Rogério Ceni e agora é o maior goleador do São Paulo na história da Libertadores com 12 gols.

Depois do gol, Jadson foi substituído por Fabrício. A torcida passou a jogar com o time. A cada lance, a cada dividida, o The Strongest sentiu o golpe, viu que o Tricolor é forte. E foi assim até o apito final. Foi uma vitória suada, mas será assim durante a Libertadores. O clube está acostumado com isso. #AvanteMeuTricolor!

REAPRESENTAÇÃO

O elenco são-paulino voltará a treinar na tarde desta sexta-feira, no CT da Barra Funda. No domingo, o Tricolor entrará em campo pelo Campeonato Paulista diante do Penapolense, fora de casa. Com 19 pontos, a equipe é a líder do Estadual mesmo com um jogo a menos.

- See more at: http://www.saopaulofc.net/noticias/noticias/copa-libertadores-da-america/2013/2/28/na-forca,-tricolor-derruba-o-the-strongest-(bol)-no-morumbi/#sthash.21Mcarab.dpuf


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp