18/11/2012 às 11h16min - Atualizada em 18/11/2012 às 11h16min

Ação judicial do Sindicato dos Metalúrgicos garante bloqueio de bens da Amplicabos

Uma decisão da 1ª Vara do Trabalho de São Carlos, publicada no diário oficial na última quarta-feira (14), determinou o bloqueio de bens e um valor em conta bancária, da empresa Amplicabos.

A decisão é uma medida cautelar para que sejam resguardados futuros créditos trabalhistas, referentes aos processos judiciais do Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos contra a empresa, que de maneira inesperada e sem dar quaisquer explicações, demitiu cerca de 200 trabalhadores e encerrou suas atividades na cidade, no dia 07 de outubro de 2012.

De acordo com o presidente do Sindicato Erick Silva, a decisão é uma prevenção para a garantia dos direitos dos trabalhadores na Amplicabos. "A empresa agiu de má fé, pois na sexta-feira (05/10) mandou todos retirarem seus pertences dos armários porque uma dedetização seria realizada dentro da fábrica e na manhã de domingo (07/10), informa, por telefone, que estão demitidos. Isso não é postura de empresa que tem respeito pelos trabalhadores. Além disso, há direitos trabalhistas, como a estabilidade de algumas companheiras, que não foram pagos, e o Sindicato, não pode permitir isso", explica ele.

Os processos do Sindicato reivindicam da empresa o pagamento por danos morais aos trabalhadores, pela forma de dispensa; o pagamento por tempo de estabilidade aos cipeiros, representantes da Comissão de Fábrica e gestantes; o pagamento dos intervalos irregulares de horário de refeição, que antes da intervenção do Sindicato eram feitos em apenas 30 minutos; e o pagamento de intervalo interjornadas irregulares praticados por algumas trabalhadoras.

Protesto em São Paulo  - No dia 15 a direção do Sindicato organizou um protesto na sede da fábrica, instalada em São Paulo. Com faixas, cartazes e panfletos, a manifestação das trabalhadoras demitidas, foi recebida por policiais que bloquearam as entradas e saídas da Amplicabos.

Nenhuma pessoa que estava dentro da empresa atendeu o vice-presidente do Sindicato, Vanderlei Strano, que acompanhou o ato das trabalhadoras. A empresa, que é fabricante de chicotes elétricos utilizados nas linhas de eletrodomésticos e automotivas, se instalou no Distrito Industrial Miguel Abdelnur, em março de 2011.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp