13/11/2012 às 10h44min - Atualizada em 13/11/2012 às 10h44min

Universidade Federal de São Carlos tem nova Reitoria

Mariana Ignatios/CCS UFSCar

No último sábado (10/11), foi realizada a cerimônia de posse dos novos integrantes da Administração Superior da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), eleitos para dirigirem a Instituição no período 2012-2016. O atual Reitor da UFSCar, Targino de Araújo Filho, foi reconduzido ao cargo, acompanhado do novo Vice-Reitor, Adilson Jesus Aparecido de Oliveira, docente do Departamento de Física.

Também foram empossados os novos pró-reitores: Claudia Raimundo Reyes (Graduação), Débora Cristina Morato Pinto (Pós-Graduação), Heloisa Sobreiro Selistre de Araújo (Pesquisa), Claudia Maria Simões Martinez (Extensão), Geraldo Costa Dias Júnior (Assuntos Comunitários e Estudantis), Mauro Rocha Côrtes (Gestão de Pessoas) e Néocles Alves Pereira (Administração).


Durante a cerimônia, todos os discursos destacaram o fato da UFSCar, em seus 42 anos de existência, ter desenvolvido como característica que a diferencia no cenário da Educação Superior brasileira o fato de ser reconhecida pela articulação entre a excelência nas atividades de ensino, pesquisa e extensão que realiza e o compromisso com a realidade social local, regional e nacional.

Em seu pronunciamento, Targino de Araújo Filho falou das imensas transformações pelas quais passou a Instituição nos últimos anos e destacou a implantação de 20 novos cursos de graduação no âmbito do Reuni (Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais), a consolidação dos cursos de graduação a distância e, também, do Programa de Ações Afirmativas.

Como principais desafios para os próximos anos, o Reitor destacou a necessidade de modernização da gestão administrativa da Universidade; a internacionalização da Instituição, particularmente aquela voltada ao estabelecimento de redes de colaboração entre os países da América Latina, Caribe e África; a ampliação do quadro de servidores, especialmente técnico-administrativos; o aprimoramento dos processos e mecanismos que visam garantir a permanência com qualidade na Universidade dos estudantes, particularmente aqueles que entram pelas diferentes modalidades de ingresso diferenciado previstas no Programa de Ações Afirmativas; e a implantação do novo campus Lagoa do Sino, no município de Buri, localizado em uma das regiões mais pobres do Estado de São Paulo e, até mesmo, do Brasil.

"Esta é a universidade com a qual, neste momento, posso sonhar e, mais do que isso, ter o privilégio de poder, juntamente com a nova equipe administrativa e com toda a comunidade universitária, transformar em realidade: mais moderna, transparente, acolhedora, inclusiva, democrática, cada vez mais reconhecida nacional e internacionalmente pela excelência de seus processos de formação e produção de conhecimento e por seu compromisso social e protagonista na busca de soluções para os principais problemas locais, regionais, nacionais e, até mesmo, internacionais. Uma instituição fundamental ao desenvolvimento de nosso País", concluiu o dirigente.


O Deputado Federal Newton Lima, ex-Reitor da UFSCar, destacou, por sua vez, o papel da Universidade em transformações importantes da Educação Superior brasileira ao longo de sua história, como naquelas relacionadas à democratização dos processos de debate e decisão, à participação acadêmica nas demandas sociais e às ações afirmativas.

"Estamos mudando a história e somos protagonistas desse processo", afirmou. O Presidente do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), Glaucius Oliva, falou sobre programas que têm colocado o Brasil como referência mundial, destacando o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic) e, mais recentemente, o Ciência sem Fronteiras.

"A Universidade do Século XXI está sendo construída, e sem dúvida a UFSCar pode ser protagonista dessa história", afirmou Oliva. Já o também ex-Reitor da Universidade e atual Prefeito Municipal de São Carlos Oswaldo Baptista Duarte Filho privilegiou em seu pronunciamento o resgate da história da Instituição – da qual foi aluno, fazendo parte da primeira turma do curso de Engenharia de Materiais, já em 1970, ano em que se iniciaram as atividades da UFSCar – e as parcerias estabelecidas ao longo do tempo com o Município, sem as quais, segundo ele, muitos dos projetos desenvolvidos pela sua gestão não poderiam ter sido concretizados.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://saocarlosdiaenoite.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp