NESTA TERÇA-FEIRA (29/09) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 - RUA MIGUEL PETRONI (RODOVIA/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - RUA JOAQUIM RODRIGUES BRAVO (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H;

RADAR 3 - AVENIDA COMENDADOR ALFREDO MAFFEI (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

 

 

Desde a última sexta-feira (4), ações integradas entre as forças de segurança e a Secretaria de Logística e Transportes foram realizadas no âmbito da Operação Independência. A iniciativa visou ao apoio aos municípios do litoral e interior na fiscalização de medidas sanitárias contra o coronavírus e patrulhamento de rodovias, bem como no combate à criminalidade.

As atividades aconteceram durante todo o feriado prolongado, com a mobilização de 20 mil policiais, o uso diário de 7,2 mil viaturas, 880 motocicletas, 35 montarias, 11 helicópteros Águia da Polícia Militar e oito drones para monitoramento de pontos estratégicos nas rodovias e também nas áreas urbanas.

Como resultado da ação, foram realizadas 63.763 abordagens, sendo 310 pessoas presas e/ou apreendidas e 100 foragidos capturados. Também houve a apreensão de 397,9 quilos de drogas e 30 armas de fogo.

Durante a operação, 33.066 veículos foram vistoriados, sendo 528 motoristas autuados por consumo de álcool, recusa ao teste do bafômetro e embriaguez ao volante. A PM também recuperou 96 veículos produtos de roubo ou furto. Além disso, houve 647 salvamentos e 3.541 resgates.

Nas estradas, o policiamento rodoviário esteve presente com todo o efetivo operacional nos mais de 22 mil quilômetros de rodovias estaduais. Com isso, foram registradas 101.204 autuações, sendo que, desse total, 26.031 foram aplicadas de acordo com as imagens capturadas por radar devido ao excesso de velocidade; 8.267 pela não utilização do cinto de segurança e outros dispositivos de retenção; e 2.357 por ultrapassagens pela contramão de direção.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo