NESTA QUARTA-FEIRA (30/09) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 - RUA MIGUEL PETRONI (CENTRO/RODOVIA) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - AV. JOÃO DE GUZZI X RUA MARCOS VINICIUS DE M. MORAES - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 - RUA JOAQUIM RODRIGUES BRAVO (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H.

 

 

Em jogo muito movimentado, São Paulo e Red Bull Bragantino ficaram no empate por 1 a 1 no Morumbi, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. O time visitante perdeu a chance de conquistar a vitória, já que desperdiçou dois pênaltis no segundo tempo.

Com o empate, o São Paulo chega aos 17 pontos, ainda dividindo a primeira colocação com o Internacional, que disputou uma partida a menos. O Red Bull Bragantino, com sete pontos, é apenas o 18º colocado e não consegue deixar a zona do rebaixamento.

O jogo começou movimentado, com os dois times com propostas ofensivas e chegando com perigo ao gol adversário. O São Paulo até chegou a abrir o placar com chute de Reinaldo, mas o lance foi anulado após revisão do árbitro de vídeo porque a bola desviou em Brenner, que estava impedido.

O Red Bull Bragantino também chegava com perigo, mas tinha dificuldade para finalizar. A equipe visitante rondava a área adversária, mas conseguia deixar o atacante Ytalo em boa situação para bater para o gol.

No início do segundo tempo, o Red Bull Bragantino respondeu de forma letal. Aos sete minutos, Claudinho lançou bela bola para Artur, que tocou para Raul finalizar para o gol. O volante, recém-contratado junto ao Vasco, entrou no lugar de Matheus Jesus no intervalo e fazia a sua estreia pelo time de Bragança Paulista.

Logo em seguida, o Red Bull Bragantino ainda teve grande chance de ampliar em cobrança de pênalti, após Luciano bloquear um chute com o braço dentro da área. No entanto, Claudinho bateu para fora.

Aos 32, o São Paulo buscou o empate. Léo lançou da defesa e o goleiro Cleiton saiu mal do gol, deixando a bola para Luciano tocar contra o gol vazio.

Já nos acréscimos, o Red Bull Bragantino, mais uma vez, teve a bola que poderia garantir a vitória em cobrança de pênalti. Léo deu carrinho em Aderlan, mas Artur cobrou a penalidade na trave.

O São Paulo volta a campo no próximo sábado, quando enfrenta o Santos, na Vila Belmiro, pela décima rodada do Brasileirão. No domingo, o Bragantino vai ao Mineirão enfrentar o Atlético-MG.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo