NESTA QUARTA-FEIRA (30/09) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 - RUA MIGUEL PETRONI (CENTRO/RODOVIA) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - AV. JOÃO DE GUZZI X RUA MARCOS VINICIUS DE M. MORAES - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 - RUA JOAQUIM RODRIGUES BRAVO (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H.

 

 

É interessante e muito importante em tempos de “pandemia”, analisar o estudo elaborado pelo NEC (Núcleo de Estudos das Cidades) que é constituído de professores da USP-Campus de São Carlos, UFSCAR e FATEC-Jaú, bem como de outros profissionais, que tem, entre outros, o objetivo de avaliar o desempenho de municípios paulistas.

Saúde

Rico em detalhes o estudo trouxe números interessantes de diversos setores de São Carlos. Na saúde por exemplo em 2018 a taxa de doentes com dengue por 10 mil habitantes em São Carlos foi a menor entre todas as cidades. Em 2019, foi a terceira menor. Já o indicador Longevidade do Índice Paulista de Responsabilidade Social, que reflete aspectos relativos à Saúde, em 2018 (último ano com informação disponível) aponta São Carlos em primeiro lugar.

Educação

Os últimos resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) referem-se ao ano de 2017. A média das notas do 5º e do 9º ano foram: São Carlos e Franca 6,25, Rio Claro 6,05, Araraquara 5,75, Ribeirão Preto 5,40 e Bauru 5,35. São Carlos ficou em 1º lugar junto com Franca.

Segurança

Com base no índice de violência calculado pelo Instituto Sou da Paz, que leva em conta os crimes de morte, lesão corporal, sexual e contra o patrimônio, em 2016 a classificação foi a seguinte: Franca 1º, Araraquara e Ribeirão Preto 2º, São Carlos 4º, Bauru 5º e Rio Claro 6º. Em 2018, último ano em que os dados estão disponíveis, a classificação foi: Franca 1º, São Carlos 2º, Ribeirão Preto 3º, Araraquara 4º, Bauru 5º e Rio Claro 6º. São Carlos subiu duas posições: do 4º para o 2º lugar.

Meio ambiente

As classificações de São Carlos no Programa Verde Azul, que mede a qualidade da gestão ambiental dos municípios paulistas, nos três últimos anos antes do atual governo foram: 2014 (288), 2015 (476) e 2016 (159). No atual governo foram: 2017 (138), 2018 (116) e 2019 (143). A média das classificações antes do atual governo foi 308, enquanto a média no atual governo é 132. Portanto, 2,3 vezes melhor.

Mobilidade

Os valores da tarifa média do transporte coletivo por ônibus em 2019 foram: R$4,20 em Ribeirão Preto, R$4,10 em Araraquara, Bauru e Franca e R$3,90 em Rio Claro e São Carlos. São Carlos e Rio Claro tiveram as menores tarifas. As tarifas do estacionamento por uma hora no sistema de Área Azul em 2019 foram: R$2,80 em Araraquara, R$2,45 em Franca, R$2,00 em Bauru, R$1,90 em São Carlos, R$1,80 em Rio Claro e R$1,50 em Ribeirão Preto.  São Carlos teve a 3ª menor tarifa.

Mortes no trânsito

Os valores da taxa de mortes no trânsito por 100 mil habitantes em 2019 foram: Araraquara 9,74, Franca 8,21, Ribeirão Preto 6,11, Bauru 5,57, Rio Claro 4,84 e São Carlos 4,37. São Carlos teve a menor taxa. Considerando os 26 maiores municípios do estado de São Paulo (aqueles com mais de 200 mil habitantes), São Carlos ficou em primeiro lugar na média dos anos de 2017, 2018 e 2019.

Multas de trânsito

Os valores da arrecadação de multas de trânsito por habitante foram os seguintes: R$53,00 em Araraquara, R$52,00 em Rio Claro, R$42,00 em Ribeirão Preto, R$35,00 em Bauru, R$34,00 em Franca e R$33,00 em São Carlos. São Carlos teve a menor arrecadação sem prejuízo da segurança, pois foi a cidade com menor número de mortes por habitante.

Economia

Em 2016, um ano antes do atual governo, o PIB per capita de São Carlos foi negativo, de menos 0,55%. A cidade ficou em penúltimo lugar; a última colocada foi Franca. Em 2017, o dado mais atual disponível e que corresponde ao primeiro ano do atual governo, o PIB per capita cresceu 3,85%, o que colocou a cidade no mesmo nível de crescimento econômico de Franca e Rio Claro, perdendo apenas para Ribeirão Preto. Isso significa que os empregos e negócios em São Carlos diminuíram 0,55% em 2016 e cresceram 3,85 % em 2017.

Revista Exame

O estudo do NEC dá destaque ainda para o ranking que a Revista Exame divulga sobre as cem melhores cidades para se investir no país. São Carlos que estava na posição 81 em 2016 foi para a posição 37 em 2019. Subiu 44 posições e passou a ser a 2ª colocada, só perdendo, e por pouco, para Ribeirão Preto. A vizinha Araraquara que ocupava a posição 45 em 2016, bem acima de São Carlos, saiu da lista em 2019, pois está abaixo da posição 100.

E as finanças

Mas de todos os índices analisados pelo estudo, esse é o que chama também muita atenção. Não é segredo para ninguém que a administração Altomani, deixou a cidade quebrada. Em 2016, a Prefeitura de São Carlos gastou R$ 43,99 milhões a mais do que arrecadou. No ano passado o gasto foi de apenas  R$ 1,87 milhões a mais.

E as finanças II  

No período de 2017 a 2019, a classificação das cidades que melhor cumpriram o orçamento foi: Ribeirão Preto 1º, São Carlos 2º, Bauru 3º, Rio Claro 4º, Franca 5º e Araraquara 6º. São Carlos ficou em 2º lugar no que concerne ao cumprimento do orçamento.

Resultado

Todas essas melhoras e contas públicas equilibradas, acabam trazendo inúmeros benefícios para a cidade, como aquisição de produtos e serviços mais baratos, maior facilidade de conseguir recursos dos governos federal e estadual e possibilidade de viabilizar eventuais empréstimos junto às instituições financeiras.

Sendo assim

Muitos reclamam que a cidade está destruída, cheia de problemas etc..., etc...Os números mostram o contrário. Se não está bom, imagine se estivesse ruim de fato.

Audiências

Os vereadores aprovaram, na sessão desta terça-feira (11), a realização de audiências públicas virtuais para tratar sobre a concessão do transporte coletivo na cidade. Por conta da pandemia de Covid-19, não seria possível fazer os encontros de forma presencial. 

Audiências II

De acordo com a secretária de Transporte e Trânsito, Ingridi Ienco Cazella, o objetivo das audiências é abrir espaço para que a população possa se manifestar sobre o serviço que deve ser oferecido pela empresa que vencer a licitação.

Em outras palavras

Essas audiências é só uma forma de jogar para a próxima gestão esse pepino que se tornou a concessão do transporte público na cidade. É só para inglês ver, nada mais que isso.

Audiência retorno as aulas

E acontece amanhã (13) às 19hs a audiência pública virtual que irá discutir a eventual retorno presencial das aulas no município de São Carlos. A audiência foi proposta pelo vereador Gustavo Pozzi e aprovada na sessão da semana passada pelos demais vereadores.

Audiência retorno as aulas II

Para quem quiser acompanhar o link da audiência pública é: https://zoom.us/j/92299232706?pwd=cFE1K0IvWFRadllkNjBvS1Qrb25HQT09

Se solicitar:

ID da reunião: 922 9923 2706
Senha de acesso: 531954

Buzina de trem

A cidade de Rio Claro decretou uma Lei Municipal no último dia 3 que proíbe buzina de trem na área urbana da cidade durante a madrugada. A mesma lei de autoria do vereador de São Carlos, Robertinho Mori.

Buzina de trem II

Mas lá a exemplo daqui e outras cidades que já decretaram lei semelhante, a empresa Rumo nem deu bola para tal. Na madrugada desta terça-feira, Guardas Municipais de Rio Claro, surpreenderam uma composição acionando a buzina no Jardim Guanabara.

Buzina de Trem III

O caso foi encaminhado ao Departamento de Desenvolvimento Urbano e Gestão Territorial (Desurb), vinculado à Secretaria Municipal de Governo, Desenvolvimento Econômico e Planejamento, que expediu a notificação à Rumo.

R$ 3,5 mil

A multa é de mil unidades fiscais por ocorrência, sendo que atualmente cada unidade fiscal do município vale aproximadamente R$ 3,50. Ou seja, no caso de consumada a multa, o infrator pagará R$ 3.504,70.

Tô nem aí

A RUMO no entanto, informou que a lei municipal não é válida para a ferrovia e que cabe à União legislar sobre a operação.

Será

Alguns passarinhos nos contaram que por intermédios dos diretórios estaduais, estaria já “quase” fechado um nome do PTB para ser vice do Netto Donato aqui em São Carlos. Será????

Falando nele

O vereador e também pré-candidato à prefeitura, Leandro Guerreiro (Patriota), desceu o sarrafo na tribuna da Câmara no pré-candidato tucano Netto Donato (PSDB). Seria já reflexo do resultado de algumas pesquisas (extras-oficiais) que colocam Netto bem próximo de Airton Garcia na preferências dos eleitores?

Falando nele II

Uma coisa Guerreiro tem razão. Netto ficou na moita nos últimos quatro anos, por causa do cargo que tinha na Câmara, não entrou em uma dividida com os problemas da cidade. Será que só usar o prestígio do PSDB na cidade irá adiantar?

Aglomeração

Gostaria de entender por qual motivo a Guarda Municipal não toma providências com uma grande aglomeração que ocorre aos finais de semana na hora do almoço a poucos metros do seu Quartel General lá na avenida Bruno Ruggiero Filho? Esse alerta serve também para a fiscalização municipal.

Máscara

Outra coisa. A Prefeitura sempre divulga que em São Carlos quem não usa máscara pode ser multado. Em estabelecimentos comerciais, a multa prevista é de R$ 5 mil por pessoa sem máscara a cada fiscalização. Já em espaços públicos, como ruas e praças, a pessoa que não estiver usando a proteção poderá ser multada em R$ 500,00.

Máscara II

Oras lá na avenida Comendador Alfredo Maffei na região do SESC, fica passando viaturas da PM e da GM o dia inteiro (algumas ficam até paradas) e é aquele monte de gente correndo, caminhando e ou passeando sem as máscaras. Se não vai autuar nem divulga uai.

Leitos UTI

Em entrevista na semana passada na Rádio São Carlos o provedor da Santa Casa de São Carlos, Antônio Valério Morillas Júnior, afirmou que no máximo em 15 dias, mais oito novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI Adulto Covid-19) seriam colocados em funcionamento dentro do Pronto-Socorro do Hospital.

Leitos UTI II

Mas não disseram que iriam entrar em operação no “início” deste mês? Pois é. Na mesma entrevista o provedor explicou que o problema está “agora” na dificuldade de contratação dos profissionais de saúde para atender essa nova demanda.

Fornecimento de água

Em nota oficial, assinada pelo Promotor Osvaldo Bianchini Veronez Filho, o Ministério Público pede que a população documente, por fotos e vídeos, os transtornos causados por eventuais interrupções no fornecimento de água.

Fornecimento de água II

O material será utilizado como prova e subsidiará o inquérito civil aberto pelo MP para apurar a falta d’água em São Carlos. Os arquivos poderão ser enviados por meio do e-mail [email protected] mpsp.mp.br. 

Até sexta-feira

Deus nunca perturba a alegria dos seus filhos se não for para lhes preparar uma mais certa e maior. (Alessandro Manzoni). Fale conosco: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 

 

 



Comentário(s) 

0
Eleitor | 12 Agosto 2020
Parabéns a [...]istração pelos bons números alcançados.
0
DUNHA | 12 Agosto 2020
O que envergonha a [...]istração do Airton é só a Prohab !